APROVADOS Alunos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação são aprovados em programas de Mestrado


 

Consolidando a tradição do Univem de aprovar 100% dos alunos que buscam dar continuidade em seus estudos em nível de pós-graduação Stricto-Sensu, concluintes, em 2017, dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem foram admitidos nos principais programas de mestrado do País.

Entre os aprovados estão os bacharéis em Ciência da Computação: Valdir Júnior, Claudemir Brito Júnior, Thiago Aparecido Gonçalves da Costa, Fernanda Mayumi Ohnuma Tachibana, Matheus Ferraroni Sanches e Lucas Zanco Ladeira e os bacharéis em Sistemas de Informação: Gustavo Martos Caceres Pereira e Jordana Nogueira Silva.

Com foco no empreendedorismo e na pesquisa científica e tecnológica e por conta do cenário de inovação existente em Marília por meio do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília), do Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem) e do InnovaSpace Coworking – ambientes geridos pelo Univem e credenciados pelo Governo do Estado – e  em breve o Parque Tecnológico, Valdir Júnior, optou pelo mestrado em Ciência da Informação na Unesp de Marília, ele também foi aprovado na USP e UFSCar. “A matriz curricular e o incentivo à iniciação científica e ao empreendedorismo durante todo o curso foram fundamentais para a preparação e aprovação no mestrado. Hoje, por conta do Univem, Marília tem um cenário muito promissor para quem quer, como eu, investir numa startup e na área acadêmica, por que não”, comentou.

Aprovado no programa de Mestrado da USP São Carlos em Engenharia de Software e Sistemas de Informação, Claudinei Brito Júnior destacou o conteúdo programático e o fomento às pesquisas e publicações como diferenciais do Univem. “O curso oferece uma matriz curricular que atende não apenas as exigências do mercado, mas prepara o aluno para o mestrado e doutorado”, disse.

Fernanda Tachibana dedicou três anos e meio dos quatro anos da graduação à iniciação científica. Foi bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). “Esse é o diferencial do Univem: oferecer ao aluno oportunidades de pesquisa para que possam concorrer de igual pra igual com alunos das instituições públicas”.
Agregar mais qualificação no currículo profissional. Esse é o objetivo do bacharel em Ciência da Computação, Matheus Ferraroni Sanches, aprovado no Mestrado da Unicamp em Computação. Para ele, a estrutura do Univem como o laboratório de pesquisa em Computação e Sistemas de Informação, COMPSI – Computing and Information Systems Research Lab, e a orientação dos professores orientadores preparam os alunos para essa nova fase. “A faculdade mostra os caminhos, e vai dos alunos seguir esse caminho e chegar lá”, afirmou.

Já com foco na academia, Lucas Ladeira, também aprovado no mestrado da Unicamp, destacou o trabalho dos professores e orientadores do Univem no processo de escolha. “Desde o primeiro ano os alunos são incentivados à pesquisa. O Mestrado vai me preparar para compartilhar o conhecimento adquirido aqui”, salientou.

A formação mais profunda, com o objetivo de se preparar para área acadêmica também é a meta de Gustavo Pereira, aprovado no programa de Mestrado da Unesp de Marília em Ciência da Informação. “A vida acadêmica sempre me interessou e ao longo da graduação isso só cresceu. A iniciação científica e o incentivo à pesquisa foram cruciais para reforçar meu interesse pelo Mestrado Acadêmico”.

Concluinte do curso de Sistemas de Informação, Jordana Silva segue agora para o Mestrado em Interação Humano-Computador na Universidade Federal de São Carlos. “Não temos por que perder tempo. Principalmente na nossa área, o mestrado é fundamental. O mercado está cada vez mais exigente e a qualificação é essencial”, ressaltou.

O coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, Prof. Dr. Elvis Fusco, explicou que os cursos da área de TI do Univem têm como base os pilares da formação voltada à atuação profissional, ao empreendedorismo e inovação e à pesquisa científica. “Esse resultado da aprovação dos nossos alunos em programas de mestrado é fruto do investimento existente na pesquisa científica desde o 1º ano e na orientação de professores com alta formação acadêmica. Temos alunos com bolsa de pesquisa de órgãos de fomento como CNPq  e Fapesp e de empresas que investem na pesquisa científica para a realização de projetos de inovação”, destacou.

Aprovados em programas de Mestrado:

 

Na foto, em pé (da esquerda para a direita) os alunos Jordana Silva, Thiago Costa, Matheus Sanches e Lucas Ladeira e, sentados, Valdir Júnior, Gustavo Caceres Pereira, Fernanda Tachibana e Claudemir Brito.

Da Olimpíada de Informática ao ingresso no Mestrado
Thiago Costa participou em 2013 da 1ª Olimpíada de Informática promovido pelo Univem para alunos do Ensino Médio. De lá pra cá, ingressou no curso de Ciência da Computação, estagiou na empresa Boa Vista Serviços que mantém um centro de inovação dentro do campus do Univem com vagas exclusivas para alunos dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, foi contemplado com bolsas de pesquisa do CNPq, estagiou no Núcleo de Educação à Distância e foi contemplado no Programa Santander Universidades com bolsa de estudo na Europa. Caminhos oferecidos pelo Univem que o ajudaram a ser aprovado no Mestrado em Ciência da Computação na USP de São Carlos. “O Univem proporciona aos alunos vantagens que outras instituições de ensino superior não oferecem. A partir do segundo ou terceiro ano não existem alunos que não estejam trabalhando na área ou fazendo pesquisa com bolsa. O Univem prepara os alunos para os caminhos que eles quiserem seguir”, afirmou.

 

Anúncios

Cursos de Computação do Univem e Sistemas de Informação recebem visita de alunos do ensino médio

Nessa manhã de quinta-feira (30/03), cerca de 90 alunos do ensino médio da escola Waldemar Moniz da Rocha Barros visitaram o Univem com o objetivo de conhecer mais sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas da Informação.

Nessa visita, os alunos participaram de uma palestra realizada pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos, que mostrou as áreas de formação e as oportunidades profissionais disponíveis aos alunos dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Para mostrar na prática tais oportunidades, o Prof. Dr. Fábio Dacêncio contou um pouco de suas trajetória profissional, de bacharel em Ciência da Computação no Univem ao doutorado realizado na Usp de São Paulo, atualmente Fábio é professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Univem.

Alunos da escola Waldemar Moniz visitam Univem

Um dos pontos altos da visita foi a palestra do Prof. Dr. Allan Cesar Moreira de Oliveira, líder do grupo de jogos (Univem Game Dev) que mostrou as atividades desenvolvidas pelo grupo e que atraiu grande atenção dos alunos do ensino médio.

Além dos professores, alunos bolsistas CNPq e Fapesp que desenvolvem projetos de iniciação científica no Laboratório de Pesquisa dos cursos (Compsi – Computing and Information Systems Research Lab), Jordan Ferreira Saran, Monique Elen Fernandes Altero, Renato Gonçalves Rodrigues,Thiago Gonçalves da Costa e Valdir Pereira Junior apresentaram suas pesquisas e experiências que incluem a ida a eventos internacionais, experiência como empreendedores em startups criadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), mantido pelo Univem e atividades acadêmicas que participaram durante o curso.

A Profa. Lucia Helena Gerdullo, responsável pela visita, justificou a escolha do Univem para trazer os alunos do ensino médio, citando o fato que a instituição é reconhecida como o melhor centro educacional na formação na área da Computação e Tecnologia da Informação. “Além de conhecer as inúmeras atividades acadêmicas e profissionais que os alunos têm contato nos cursos, o Univem abre diversas portas para os alunos no mercado de trabalho, no âmbito da pesquisa científica e no empreendedorismo”.

A professora lembra que um dos objetivos da visita é também firmar uma parceria com os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem para o desenvolvimento de projetos na área de automação e robótica utilizando a tecnologia Arduino. “Trabalhamos com nossos alunos do ensino médio o uso dessas tecnologias, pois acreditamos que possam despertar interesse para as áreas de TI e engenharia e melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem nas disciplinas de exatas.”, complementou a professora.

O Prof. Dr. Elvis Fusco destaca que, atualmente, a cidade de Marília é reconhecida como uma entre as cinco cidades referências em TI no estado de São Paulo, tendo um APL de TI reconhecido pelo governo e um parque de empresas que demandam um alto número de profissionais qualificados. “Essa aproximação com os alunos do ensino médio é importante para o esclarecimento sobre a área de TI e tem como objetivo atrair futuros talentos para a área”.

O coordenador do Univem lembra que em junho começam as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, competição que treina estudantes das escolas públicas e privadas do ensino técnico e médio na programação de computadores para que eles possam participar da competição. “Em 2016, tivemos quase 200 participantes e neste ano a meta é alcançarmos 300 estudantes do ensino médio. Hoje, aproveitamos e convidamos  os alunos que realizaram a visita para a próxima Olimpíada e também para os demais eventos que acontecerão ao longo do ano como o próximo Festival Latinoamericano de Software Livre (Flisol) que acontece em abril e a X Semana de Tecnologia da Informação em setembro”, conclui o coordenador.

Inscrição para o POSCOMP

poscomp

O POSCOMP é um exame nacional para quem quer ingressar em um curso de Mestrado em Computação. Esse exame é adotado no processo seletivo  pela maioria das universidades que oferecem cursos de mestrado no Brasil.

Essa prova tem sido obrigatória para o ingresso no Mestrado em Ciência da Computação.

As inscrições vão até o dia 23 de JULHO de 2015 e a prova será em setembro.

Se você quer fazer mestrado em 2016, então não perca essa oportunidade.

São recorrentes os casos de alunos formandos que decidem ingressar na pos-graduação e deixam para decidir no segundo semestre. Aí será tarde, pois a inscrição encerra dia 23 de julho. Na dúvida, se inscreva e faça a prova. Ela é aplicada somente uma vez por ano.

O edital está disponível neste endereço: http://vestibular.ufg.br/2015/poscomp/

Boa prova!

 

Vestibular Agendado 2013 do Univem

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Agendado 2013 do Univem que acontece no dia 16 de dezembro às 09 horas. As inscrições podem ser feitas até o dia 14 de dezembro pelo site www.univem.edu.br/vestibular.

Conheça os diferenciais dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem: