Arquivos da Categoria: Pesquisa

IV Workshop de Pesquisas do COMPSI

Prezados,

no dia 03/05/2017 (quarta-feira), às 14h00, será realizado na Sala 42, o IV Workshop de Pesquisas do COMPSI (IV WPC).

O WPC é um evento de apresentação e discussão sobre os trabalhos de pesquisa realizados pelos alunos e professores dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do UNIVEM.
Trata-se também da divulgação e conhecimento de oportunidades de Iniciação Científica (IC) e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) nas diversas áreas de atuação do laboratório, tais como: Segurança e Gestão da Informação, Banco de Dados, Engenharia de Software, Visão Computacional, Processamento de Imagens, Interação Humano-Computador, Sistemas Complexos de Tomada de Decisão, Big Data, Desenvolvimento WEB, Mobile e Cloud e várias outras. Neste evento, serão indicadas as necessidades de alunos em cada projeto em andamento, além da apresentação de novos e inovadores trabalhos a serem iniciados nos grupos de pesquisa do COMPSI. Não é necessário se inscrever e o único pré-requisito é a motivação em fazer pesquisa.

Call for papers: Journal on Advances in Theoretical and Applied Informatics – JADI (ISSN 2447-5033)

The University Centre Eurípides of Marilia (UNIVEM) publish with open access the Journal on Advances in Theoretical and Applied Informatics – JADI (ISSN 2447-5033). JADI is an online publication with the objective of promoting the dissemination of technical-scientific research, produced by world-class academics and industry professionals from information technology and related areas, such as Information Systems, Information Sciences, Computer Science, Electrical Engineering, Computer Engineering, IT Management, Innovation and Entrepreneurship.

Additional information and guide to authors can be reached on JADI website: (www.univem.edu.br/jadi).

Deadline to the next JADI number: May 22, 2017

In general, JADI journal publishes theoretical and applied research of the following topics: 

·         New models, architectures, methodologies and frameworks of software design
·         Model-driven software engineering
·         Methods for security, maintenance and reliability in software
·         Quality-driven software methodologies and architectures
·         New tools and environments for software engineering
·         Ubiquitous, pervasive and mobile software engineering
·         Embedded and distributed software
·         Automation, real-time, dynamic and critical systems
·         Artificial Intelligence and autonomous approaches
·         Decision-making systems and support tools
·         Systems, methods and models for data, information and knowledge management
·         Data and information quality management
·         Information Systems Management
·         Information management and competitive intelligence
·         Collaborative systems and human-computer interaction
·         Agent-based and multi-agent architectures
·         Ontologies, languages and protocols
·         Tools, applications and WEB environments
·         Case studies and emergent technologies
·         Innovation in information technology

Cursos de Computação do Univem e Sistemas de Informação recebem visita de alunos do ensino médio

Nessa manhã de quinta-feira (30/03), cerca de 90 alunos do ensino médio da escola Waldemar Moniz da Rocha Barros visitaram o Univem com o objetivo de conhecer mais sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas da Informação.

Nessa visita, os alunos participaram de uma palestra realizada pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos, que mostrou as áreas de formação e as oportunidades profissionais disponíveis aos alunos dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Para mostrar na prática tais oportunidades, o Prof. Dr. Fábio Dacêncio contou um pouco de suas trajetória profissional, de bacharel em Ciência da Computação no Univem ao doutorado realizado na Usp de São Paulo, atualmente Fábio é professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Univem.

Alunos da escola Waldemar Moniz visitam Univem

Um dos pontos altos da visita foi a palestra do Prof. Dr. Allan Cesar Moreira de Oliveira, líder do grupo de jogos (Univem Game Dev) que mostrou as atividades desenvolvidas pelo grupo e que atraiu grande atenção dos alunos do ensino médio.

Além dos professores, alunos bolsistas CNPq e Fapesp que desenvolvem projetos de iniciação científica no Laboratório de Pesquisa dos cursos (Compsi – Computing and Information Systems Research Lab), Jordan Ferreira Saran, Monique Elen Fernandes Altero, Renato Gonçalves Rodrigues,Thiago Gonçalves da Costa e Valdir Pereira Junior apresentaram suas pesquisas e experiências que incluem a ida a eventos internacionais, experiência como empreendedores em startups criadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), mantido pelo Univem e atividades acadêmicas que participaram durante o curso.

A Profa. Lucia Helena Gerdullo, responsável pela visita, justificou a escolha do Univem para trazer os alunos do ensino médio, citando o fato que a instituição é reconhecida como o melhor centro educacional na formação na área da Computação e Tecnologia da Informação. “Além de conhecer as inúmeras atividades acadêmicas e profissionais que os alunos têm contato nos cursos, o Univem abre diversas portas para os alunos no mercado de trabalho, no âmbito da pesquisa científica e no empreendedorismo”.

A professora lembra que um dos objetivos da visita é também firmar uma parceria com os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem para o desenvolvimento de projetos na área de automação e robótica utilizando a tecnologia Arduino. “Trabalhamos com nossos alunos do ensino médio o uso dessas tecnologias, pois acreditamos que possam despertar interesse para as áreas de TI e engenharia e melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem nas disciplinas de exatas.”, complementou a professora.

O Prof. Dr. Elvis Fusco destaca que, atualmente, a cidade de Marília é reconhecida como uma entre as cinco cidades referências em TI no estado de São Paulo, tendo um APL de TI reconhecido pelo governo e um parque de empresas que demandam um alto número de profissionais qualificados. “Essa aproximação com os alunos do ensino médio é importante para o esclarecimento sobre a área de TI e tem como objetivo atrair futuros talentos para a área”.

O coordenador do Univem lembra que em junho começam as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, competição que treina estudantes das escolas públicas e privadas do ensino técnico e médio na programação de computadores para que eles possam participar da competição. “Em 2016, tivemos quase 200 participantes e neste ano a meta é alcançarmos 300 estudantes do ensino médio. Hoje, aproveitamos e convidamos  os alunos que realizaram a visita para a próxima Olimpíada e também para os demais eventos que acontecerão ao longo do ano como o próximo Festival Latinoamericano de Software Livre (Flisol) que acontece em abril e a X Semana de Tecnologia da Informação em setembro”, conclui o coordenador.

Alunos da Computação do Univem destacam-se como Bolsistas Fapesp

O aluno do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Univem, Thiago Aparecido Gonçalves da Costa é mais um aluno contemplado com a bolsa de pesquisa mais concorrida no universo acadêmico, a bolsa Fapesp. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo é uma das principais agências de fomento à pesquisa científica e tecnológica do país. Com autonomia garantida por lei, a Fapesp está ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo e apoia projetos de pesquisa em universidades e empresas do Estado.

Segundo o Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, coordenador de pesquisa e extensão do Univem, as bolsas Fapesp são disputadas por alunos de todo Estado de São Paulo, incluindo instituições públicas como Usp, Unesp, Unicamp e Universidades Federais. O processo seletivo é muito rigoroso e os projetos são avaliados com base na sua originalidade e relevância científica. O aluno deve ter um notório histórico acadêmico, que inclui a participação em eventos e publicações.

A pesquisa do aluno Thiago faz parte de um projeto de pesquisa desenvolvido no Grupo de Pesquisa Inovação em Tecnologias Informacionais Computacionais vinculado ao Computing and Information Systems Research Lab – COMPSI, laboratório de pesquisa em Computação e Sistemas de Informação, que congrega várias atividades ligadas à prática docente e discente dos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Centro Universitário Eurípides de Marília. Este projeto tem a Universidade de São Paulo (Usp) e a Universidade Federal do Sergipe (UFS) onde os professores doutores Elvis Fusco e Fábio Dacêncio Pereira desenvolvem seus pós-doutorados.

     Alunos bolsistas Valdir, Fernanda, Monique, Thiago e Jordan.

A trajetória do aluno e o projeto

No terceiro ano do Ensino Médio em 2013, Thiago participou da 1ª Olimpíada de Programação para Alunos do Ensino Médio oferecida pelo Univem, no qual foi um dos vencedores da competição. Consequentemente, devido a esta conquista, despertou interesse por programação e começou a cursar Ciência da Computação no Univem.

No primeiro ano participou de um programa de estágio de 3 meses oferecido pela instituição em parceria com a Boa Vista Serviços destinado aos finalistas da Olimpíada do Ensino Médio.

Posteriormente, estagiou como tutor presencial do Núcleo de Educação à Distância do Univem e foi bolsista de iniciação científica financiada pelo CNPq, durante 3 anos e agora iniciará sua pesquisa fomentada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Seu projeto intitulado “Arquitetura de Apoio a Processos de Inovação Baseada em Estruturas Informacionais Semânticas” possui o objetivo de estabelecer um mecanismo computacional de extração de dados de fontes informacionais produzidos pelos atores de inovação (governo, estado e universidades) em um espaço informacional delimitado a Parques Tecnológicos e Centros de Inovação Tecnológica credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação (SPAI), no qual estes mecanismos serão capazes de se adaptar a mudanças de contexto e consequentemente proporcionar uma extração semântica de informação que será a base da plataforma de apoio aos ambientes de inovação consolidados.

Outros alunos bolsistas FAPESP da Computação do UNIVEM

Atualmente os alunos Valdir Amâncio Pereira Jr. e Fernanda  Mayumi Onuma Tachibana também são bolsista Fapesp. Estes alunos já participaram e publicaram em eventos internacionais em países como EUA e Argentina e também tiveram seus trabalhos de pesquisa publicados nos melhores eventos nacionais na área de computação.

Fernanda, destaca que seu projeto de pesquisa intitulado como “Análise de Metodologias de Implementação e Desempenho em FPGA dos Algoritmos Criptográficos Leves Simon, Speck e Simeck”, trata-se de uma análise sobre mecanismos tecnológicos da área de segurança da informação, que garantem a proteção de informações contidas em dispositivos que possuem recursos limitados como smartphones e dispositivos que compõe a Internet das Coisas.

O projeto iniciou-se no primeiro semestre do ano de 2016, desenvolvendo uma forma de assegurar a proteção de dispositivos limitados, onde estes muitas vezes armazenam e transmitem informações pessoais.

No decorrer da pesquisa, foram implementados três algoritmos criptográficos, chamado cifra de bloco leve, estes específicos para os cenários onde os recursos são limitados em relação ao processamento e a bateria. Isto feito, foram analisadas e propostas novas arquiteturas que podem aumentar o desempenho destes algoritmos quando implementadas em dispositivos limitados. Esta área da segurança da informação está em constante desenvolvimento pela necessidade de proteção deste tipo de dispositivo que gradualmente está ganhando visibilidade.

Valdir comenta que seu projeto de pesquisa intitulado “Desenvolvimento de soluções para a melhoria da consciência situacional em ambientes de gerenciamento de emergências”, apresenta um conjunto de métodos e ferramentas que juntas compõem uma solução para melhorar sistemas de monitoramento e mapeamento de emergências, tais como os adotados pelas forças de segurança (ex: polícia, bombeiros, etc).

O projeto demonstra como melhorar a inteligência destes sistemas, de forma que tarefas de localização de pessoas e objetos de interesse e a logística dos recursos para busca e apreensão sejam realizadas com maior eficácia e eficiência, como, por exemplo, para obter melhores dados sobre um determinado crime e proporcionar um melhor atendimento à ocorrência.

Os professores orientadores Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, Prof. Dr. Elvis Fusco e Prof. Dr. Leonardo Castro Botega destacam que esses alunos serão futuros candidatos a ingressar nos melhores programas de mestrado do país, como já é tradição dos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação do Univem.

Além dos bolsistas Fapesp os cursos contam com bolsistas CNPq que atuam no laboratório de pesquisa do COMPSI. O CNPq do Governo Federal concede bolsas para a formação de recursos humanos no campo da pesquisa científica e tecnológica, em universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos e de formação profissional, tanto no Brasil como no exterior. Neste contexto, destacam-se os bolsistas Jordan Ferreira Saran e Monique Elen Fernandes Altero.

O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos na área de TI do Univem, destaca que estes alunos competem com os melhores alunos de universidade públicas de renome em eventos e prêmios. Elvis comenta que o aluno Thiago Aparecido Gonçalves da Costa, que acaba de conquistar uma bolsa Fapesp também conquistou uma bolsa do Santander Universidade e passará um período de intercâmbio na Europa para aprimorar sua pesquisa, conhecimento e experiência.

O Prof. Dr. Leonardo Botega aproveita para convidar toda comunidade para o FLISOL 2017 – Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre, maior evento de divulgação de Software Livre da América Latina. O evento acontece desde 2005 em diversas sedes nacionais e internacionais, e seu principal objetivo é promover o uso de software livre, apresentando seu ideal, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral.

FLISOL 2017, 08 de abril no Univem. Inscrições em breve pelo site: www.compsi.univem.edu.br

Aluna de Ciência da Computação do Univem apresenta pesquisa em Bariloche

Fernanda Mayumi Ohnuma Tachibana, aluna do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Univem apresentou seu trabalho de pesquisa apoiado pela FAPESP na 23° edição do IBERCHIP, workshop que oferece um fórum anual para pesquisadores acadêmicos e industriais de países ibero-americanos, onde há trocas de experiências e compartilhamento de conhecimentos, estabelecendo relações para fomentar o desenvolvimento de atividades relacionadas ao campo da microeletrônica e computação.

O evento aconteceu na Argentina, na cidade de Bariloche e contou com a publicação e apresentação da aluna Fernanda Mayumi Ohnuma Tachibana, sob a orientação do Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira.

fernanda

O trabalho titulado como “Análise de Metodologias de Implementação e Desempenho em FPGA dos Algoritmos Criptográficos Leves Simon, Speck e Simeck”, trata-se de uma análise sobre mecanismos tecnológicos da área de segurança da informação, que garantem a proteção de informações contidas em dispositivos que possuem recursos limitados como smartphones e dispositivos que compõe a Internet das Coisas.

O projeto iniciou-se no primeiro semestre do ano de 2016, desenvolvendo uma forma de assegurar a proteção de dispositivos limitados, onde estes muitas vezes armazenam e transmitem informações pessoais. No decorrer da pesquisa, foram implementados três algoritmos criptográficos, chamado cifra de bloco leve, estes específicos para os cenários onde os recursos são limitados em relação ao processamento e a bateria. Isto feito, foram analisadas e propostas novas arquiteturas que podem aumentar o desempenho destes algoritmos quando implementadas em dispositivos limitados. Esta área da segurança da informação está em constante desenvolvimento pela necessidade de proteção deste tipo de dispositivo que gradualmente está ganhando visibilidade.

Fernanda, diz que pretende ingressar em um programa de mestrado em Engenharia Elétrica, dando continuidade à pesquisa acadêmica. A aluna desenvolve pesquisa científica desde o primeiro ano da graduação, onde os dois primeiros anos foi bolsista CNPq. O CNPq concede bolsas para a formação de recursos humanos no campo da pesquisa científica e tecnológica, em universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos e de formação profissional, tanto no Brasil como no exterior.

Atualmente a aluna recebe apoio com uma bolsa de iniciação científica da Fapesp com o projeto na área de segurança da informação. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo é uma das principais agências de fomento à pesquisa científica e tecnológica do país. Com autonomia garantida por lei, a FAPESP está ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Univem lança nova edição de sua Revista Internacional de Computação e Informática

cover_issue_45_en_us

A Revista Científica Journal on Advances in Theoretical and Applied Informatics – JADI, produzida pelo COMPSI (Computing and Information Systems Research Lab), laboratório e centro de pesquisa vinculado aos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, acaba de lançar sua terceira edição (Volume 2 Número 2).

A Revista JADI é uma publicação científica internacional periódica, com o objetivo de contribuir com o avanço de áreas correlatas à Computação e Informática em geral, promovendo a disseminação de informações técnico-científicas produzidas por pesquisadores e profissionais de grandes centros nacionais e internacionais.

Segundo o Prof. Dr. Leonardo Castro Botega, editor da JADI, o periódico objetiva se manter como uma publicação internacional de alta qualidade, visibilidade e abrangência, apresentando artigos científicos que representam o estado da arte em aspectos práticos e teóricos de temas relevantes e atuais em Tecnologia da Informação, Gestão, Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Ciência da Informação.

Botega explica que “o terceiro número do JADI é uma edição especial dedicada a trabalhos sobre a Gestão da Informação Digital incluindo: métodos para processamento de Big Data, visualização analítica da informação, modelagem de dados em organizações, integração de múltiplos dados heterogêneos para a tomada de decisão, interação afetiva com a informação e redes neurais artificiais para a geração e manutenção de bases de conhecimento. Neste terceiro número, a instituição está orgulhosa em apresentar trabalhos de renomados pesquisadores e profissionais de grandes centros de pesquisa internacionais, tais como Atilim University (Turquia), Polytechnic University of San Luis Potosí (México), University of Castilla-La Mancha (Espanha), Università Degli Studi di Salerno (Itália), Florida International University (EUA), City University of New York (EUA), Université de Lyon (França), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)”.

O professor Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, ressalta que a revista JADI tem apresentado resultados de pesquisas que congregam temas ligados a tecnologias computacionais com o objetivo de dar conta dos desafios dos novos ambientes informacionais digitais que caracterizam-se pela indissociabilidade entre a Computação e a Informação num cenário de explosão informacional.

O Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, coordenador de pesquisa e extensão do Univem acredita que estes artigos demonstram a alta qualidade, excelência e relevância que esperamos de um journal. Nosso objetivo é que o JADI emerja como um fórum dinâmico e ativo para a disseminação de ideias inovadoras que contribua para o desenvolvimento das áreas da Computação e Informática.

A revista tem sua periodicidade semestral e os artigos desse novo número podem ser obtidos no website da revista: http://www.univem.edu.br/jadi.

Alunos de Sistemas de Informação publicam em Simpósio Internacional

Com o objetivo de desenvolver uma ferramenta de reconhecimento de voz utilizando estudos apresentados pelo Atlas Linguístico do Brasil – ALiB, com a finalidade de gerar um banco de dados contendo um conjunto de comandos por voz que contemple as características fonéticas das variantes do Português do Brasil, os alunos do 2º ano do curso de Sistemas de Informação do Univem, Marcelo de Souza da Silva dos Santos e Valdeir da Silva Neto, sob orientação do Prof. Ildeberto Bugatti, apresentaram o trabalho “Estudo De Ferramentas de Reconhecimento e Comandos por Voz para Português do Brasil” durante o VI Simpósio Internacional de Ensino de Língua Portuguesa, evento que aconteceu na cidade de Uberlândia entre 19 e 21 de outubro.

sielp

Prof. Idalberto Bugatti e os alunos de Sistemas de Informação, Marcelo de Souza da Silva dos Santos e Valdeir da Silva Neto.

O SIELP – Simpósio Internacional de Ensino de Língua Portuguesa – é um evento acadêmico-científico que objetiva promover reflexões em torno do ensino de Língua Portuguesa, tornando possível o diálogo entre pesquisadores brasileiros e com pesquisadores de instituições estrangeiras. Configura-se, portanto, como mais um momento de discussão e circulação de ideias e de trabalhos que fundamentam as principais linhas de pesquisa relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa.

O Prof. Ildeberto Bugatti, professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, lembra que o trabalho é fruto de pesquisas desenvolvidas no âmbito da iniciação científica que é estimulada desde o 1º ano nos alunos  de Ciência da Computação e Sistemas de Informação.

Bugatti, que é o orientador do projeto de pesquisa, destaca a relevância do tema: “Embora haja várias tecnologias para reconhecimento e comandos por voz disponíveis no mercado, muitas aplicadas a sistemas de controle de processos e automação como aquelas presentes em computadores portáteis – smartphones, tablets, notebooks – ou embarcados – indústria automobilística, poucas utilizam técnicas de reconhecimento de voz aplicadas especificamente para o Português do Brasil, fato que gera problemas quando da utilização dos comandos: fabricantes e montadores de mobiles ou veículos dotados de sistemas com comados de voz no Brasil têm dificuldades em considerar todas variantes linguísticas para que o equipamento funcione de modo adequado com proprietários de qualquer região do país”.

A publicação e participação dos alunos e do professor orientador teve o apoio do COMPSI – Computing and Information Systems Research Lab, laboratório de pesquisa mantido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem que estimula o desenvolvimento de pesquisas científicas e tecnológicas que possibilitam a formação ampliada dos alunos e apoia a participação e publicação dos resultados de pesquisas em eventos nacionais e internacionais.

O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, lembra que este ano os alunos já tiveram publicações internacionais nos eventos:

  • 8th International Conference on Applied Human Factors and Ergonomics (USA);
  • 18th International Conference on Human-Computer Interaction (Canadá);
  • IoTBD, International Conference on Internet of Things and Big Data (Itália);
  • 4th WorldCist – World Conference on Information Systems and Technologies;
  • 22nd Iberchip Workshop;
  • 11th International Conference in Digital Information Management (Portugal);
  • AHFE 2016 International Conference on Safety Management and Human Factors (USA).

Mais informações sobre as pesquisas e publicações dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem podem ser obtidas no site www.compsi.univem.edu.br.

A melhor formação superior em Computação e Tecnologia da Informação é no Univem

Alunos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem publicam trabalhos em eventos e periódico científico internacional

O Grupo de Pesquisa Interação Humano-Computador do Univem (GIHC), grupo integrante do Computing and Information Systems Research Lab (COMPSI), laboratório de pesquisa vinculado aos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, comemora seus recentes avanços científicos com importantes publicações em veículos internacionais.

Pesquisadores do Grupo de Pesquisa GIHC

Pesquisadores do Grupo de Pesquisa GIHC

O aluno do curso de Ciência da Computação (BCC), Valdir Amâncio Pereira Junior, autor de um dos trabalhos e bolsista de iniciação científica pela Fapesp, explica que seu trabalho busca dar apoio a sistemas de tomada de decisão, mais especificamente a sistemas de gerenciamento de emergências. O estudante explica que “o trabalho tem o objetivo de utilizar múltiplas fontes de dados, como denúncias ao 190 ou 193, e integrá-las para obter uma informação única e mais significativa”. O aluno do curso de Sistemas de Informação (BSI), Jordan Ferreira Saran, bolsista de iniciação científica pelo CNPq e também autor de um dos trabalhos, explica que “busca-se também combinar informações com base no significado de cada informação presente em relatos de vítimas a centrais de atendimento emergências”.

O Prof. Dr. Leonardo Botega, orientador dos trabalhos e coordenador do grupo, acrescenta que “fornecer subsídios para uma melhor tomada de decisão pode ajudar operadores de sistemas de gerenciamento de emergências a melhor entender os eventos que ocorrem em tempo real e apoiar a alocação de recursos para um atendimento mais eficiente”. O professor também argumenta que a publicação e participação de alunos de iniciação científica em grandes eventos solidifica a competência científica da instituição e que tal atividade contribui fortemente para uma formação acadêmica mais completa dos jovens estudantes. O professor também destaca que parcerias são essenciais para o sucesso de trabalhos interdisciplinares, tais como com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e com a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP). As mais recentes publicações dos membros do GIHC do Univem são:

Artigo: Using Semantics to Improve Information Fusion and Increase Situational Awareness

Evento: AHFE 2016 International Conference on Safety Management and Human Factors (USA)

Autores: Valdir A. Pereira Junior (aluno de Ciência da Computação), Matheus F. Sanches (aluno de Sistemas de Informação), Leonardo C. Botega (docente do Univem), Caio S. Coneglian (ex-aluno de Ciência da Computação do Univem e mestrando da UNESP), Natália Oliveira (ex-aluna de Sistemas de Informação do Univem e atual mestranda na USP), Regina B. Araújo (docente da UFSCar). 

 

Artigo: Development of a User Interface for the Enrichment of Situational Awareness in Emergency Management Systems

Evento: AHFE 2016 International Conference on Safety Management and Human Factors (USA)

Autores:   Natália Oliveira (ex-aluna de Sistemas de Informação do Univem e atual mestranda na USP), Jéssica Souza (ex-aluna de Sistemas de Informação do Univem e atual mestranda na UNESP), Valdir A. Pereira Junior (Aluno de Ciência da Computação) e Leonardo C. Botega (docente do Univem).

 

Artigo: Objects Assessment Approach Using Natural Language Processing and Data Quality to Support Emergency Situation Assessment

Evento: 17th International Conference on Human-Computer Interaction (Canadá)

Autores: Matheus F. Sanches (aluno de Ciência da Computação), Valdir A. Pereira Junior (Aluno de Ciência da Computação), Leonardo C. Botega (docente do Univem), Caio S. Coneglian (ex-aluno de BCC do Univem e mestrando da UNESP) e Natália Oliveira (ex-aluna de Sistemas de Informação do Univem e atual mestranda na USP).

 

Artigo: Methodology for Data and Information Quality Assessment in the Context of Emergency Situational Awareness

Periódico: Universal Access in the Information Society

Autores: Leonardo C. Botega (docente do Univem), Jéssica Souza (ex-aluna de Sistemas de Informação do Univem e atual mestranda na UNESP), Caio S. Coneglian (ex-aluno de Ciência da Computação do Univem e mestrando da UNESP), Márcio R. de Campos (membro da PMESP), Vânia P. de A. Neris (docente da UFSCar) e Regina B. Araújo (docente da UFSCar).

 

Artigo: Towards Semantic Fusion using Information Quality and the Assessment of Objects and Situations to Improve Emergency Situation Awareness

Evento: 11th International Conference in Digital Information Management (Portugal)

Autores: Valdir A. Pereira Junior (aluno de Ciência da Computação), Matheus F. Sanches (aluno de Ciência da Computação), Leonardo C. Botega (docente do Univem), Caio S. Coneglian (ex-aluno de Ciência da Computação do Univem e mestrando da UNESP) e Jordan F. Saran (aluno de Sistemas de Informação).

 

O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, lembra que este ano os alunos já tiveram publicações internacionais nos eventos:

  • 8th International Conference on Applied Human Factors and Ergonomics (USA);
  • 18th International Conference on Human-Computer Interaction (Canadá);
  • IoTBD, International Conference on Internet of Things and Big Data (Itália);
  • 4th WorldCist – World Conference on Information Systems and Technologies;
  • 22nd Iberchip Workshop;
  • 11th International Conference in Digital Information Management (Portugal)
  • AHFE 2016 International Conference on Safety Management and Human Factors (USA)

Mais informações sobre as pesquisas e publicações dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem podem ser obtidas no site www.compsi.univem.edu.br.

Inscrições para o processo seletivo na pós graduação do instituto de computação da UNICAMP – ingresso 1º semestre de 2017

unicamp2
As inscrições para o Mestrado e Doutorado do IC são abertas geralmente em maio de cada ano, para ingresso no segundo semestre, e em outubro de cada ano, para ingresso no primeiro semestre do ano seguinte (confira sempre o calendário específico).
Desse modo, o período de inscrição do processo seletivo do 1º semestre de 2017 para o Programa de Pós Graduação do Instituto de Computação, modalidade Mestrado e Doutorado,  será de 26/09 (próxima segunda) a  23/10/2016.
O candidato deverá possuir graduação em Computação ou áreas afins, realizada em instituição de ensino superior brasileira reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) ou em instituição de ensino superior do exterior.
A análise da Comissão Avaliadora terá por base as seguintes informações: formação  acadêmica do candidato, histórico escolar,  currículo, cartas de recomendação, resultados obtidos no POSCOMP, plano de pesquisa e carta de apresentação. Outras informações que podem ser consideradas pela Comissão são: publicações, proficiência em inglês, participação em projetos de pesquisa e premiações.
Em cada semestre o Programa de Pós oferecará algumas disciplinas em inglês.
Veja mais informações sobre o processo seletivo no link: http://www.ic.unicamp.br/pos/ingresso