Arquivos da Categoria: parcerias

5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

Univem abre inscrições para 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

 

O Univem, por meio dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, abre a partir do dia 1º de junho as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio. Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de julho pelo site www.univem.edu.br/olimpiada2017. A adesão é gratuita. A competição vai ser realizada no dia 12 de agosto, das 8 às 13h, no Centro Universitário. A premiação acontece dia 11 de setembro durante a X Semana de Tecnologia da Informação do Univem.

A 5ª Olimpíada de Informática é uma competição voltada a alunos do Ensino Médio e Técnico das redes pública e privada.  A competição será disputada por times de dois alunos. O objetivo é verificar os conhecimentos desses estudantes nas áreas de lógica computacional e programação de computadores, premiando os alunos que obtiverem as melhores colocações.

 

                                  Alunos do ensino médio participam da competição em 2016

 

De acordo com coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Profº Drº Elvis Fusco, a Olimpíada vem reforçar a importância da área de Tecnologia da Informação para o desenvolvimento socioeconômico local e nacional. Além disso,  desperta o interesse dos jovens pela área de TI com vistas ao aproveitamento das oportunidades profissionais que o setor, em plena expansão, vem apresentando nos últimos anos. ”Na edição do ano passado tivemos mais de 180 inscritos no programa, esses alunos passam por treinamento em algoritmos e programação de computadores para poderem participar da competição. O evento é uma ótima oportunidade para os estudantes que querem conhecer um pouco mais sobre a área de Computação e Sistemas de Informação antes de se decidirem por um curso superior”, destaca o coordenador.

A competição, segundo ele, proporciona novos desafios aos estudantes, contribuindo para o maior interesse no aproveitamento das aulas das disciplinas de exatas do ensino médio e aproxima os alunos da estrutura do Univem promovendo maior integração entre docentes, pesquisadores e futuros alunos do ensino superior brasileiro.

Rodrigo Gonçalves Rodrigues, atualmente aluno do 2º ano do curso de Sistemas de Informação do Univem, conseguiu estágio na área já no 1º ano de curso e neste mês foi efetivado na empresa de tecnologia Interfocus. Rodrigo foi vencedor da Olimpíada em 2015, a motivação para participar da olimpíada foi além dos treinamentos oferecidos que o Univem ofereceu. “A competição confirmou ainda mais minha vocação para a área de Tecnologia da Informação. A Olimpíada busca despertar, nos alunos de ensino médio, até os que nunca tiveram contato com a programação, o desejo por aprender a programar, por buscar essa área que cresce cada dia mais e mais no mundo, uma oportunidade que pode ser única e gratificante. A participação na competição acelerou meu desenvolvimento na área de TI e possibilitou que conseguisse um estágio nos primeiros meses de curso e felizmente acabei de ser efetivado no cargo numa grande empresa de TI da cidade”, comemora Rodrigo.

PREMIAÇÃO – O evento tem o apoio da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação – Asserti e do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e nesta edição os melhores colocados vão ser contemplados com Kits de Robótica, Curso de Robótica Arduíno, Curso de Formação Desenvolvedor Android + IOS e Bolsas CNPq de Pesquisa Tecnológica para Alunos do Ensino Médio.

Vale lembrar que para participar da competição será oferecido aos participantes cursos e treinamento para capacitar os alunos nos conteúdos exigidos durante a competição.  A Escola de Férias de Programação vai ter início no dia 17 de julho e segue até o dia 11 de agosto.

TOME NOTA

Inscrição gratuita
1º de junho a 15 de julho
(www.univem.edu.br/olimpiada2017)

Curso de Programação de Computadores
(Escola de Férias de Programação)
De 17/07  a 28/07
(segunda à sexta das 14 às 17h)

Treinamento para a Maratona de Programação
De 31/07 a 11/08
(segunda à sexta das 14 às 17h)

Competição
12 de agosto
(das 08 às 13h)

Premiação
11/09
(X Semana de Tecnologia da Informação do Univem)

Chamada de propostas de minicursos para a X Semana de Tecnologia da Informação

Estão abertas inscrições de propostas de minicursos para a X Semana de Tecnologia da Informação que acontece no período de 11 a 16 de setembro,  evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem com o apoio da ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e do CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília)

O minicursos podem ser ministrados por profissionais de Tecnologia da Informação (TI), alunos e ex-alunos e deverão ser de 3 horas e contemplar temas ligados a tecnologia, empreendedorismo e inovação em TI.

As propostas de minicursos devem ser enviadas até 31 de julho para o e-mail  semanati@univem.edu.br com as seguintes informações:

  • Nome do ministrante;
  • Nome da empresa;
  • Tema do minicurso;
  • Breve descrição do minicurso;
  • Experiência do ministrante com o tema;
  • Softwares e equipamentos necessários;
  • Horário:
    [ ] Período Noturno – segunda/sexta (11 à 15 de setembro)
    [ ] Período Manhã – sábado (16 de setembro)

Os participantes que ministrarem minicursos terão isenção da taxa de inscrição no evento e receberão certificado de comprovação da ministração do minicurso.

O resultado das propostas devem sair até o dia 07 de agosto.

Para mais informações sobre o evento, acesse: www.univem.edu.br/semanati2017.

Univem realiza palestra sobre startups e aceleradoras

O Univem, por meio dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), realiza nesta sexta (05/05) palestra sobre os ecossistemas de startups e fontes de fomento a empreendimentos inovadores.

A palestra será ministrada pelo CEO da aceleradora Sevna Seed, João Paulo Geroldo, e é direcionada para empreendedores, startups e alunos que estão desenvolvendo seus projetos de empreendedorismo ainda na graduação ou pós-graduação.

Segundo João Paulo Geroldo, CEO do Sevna, o termo “startup” geralmente é associado ao ato de iniciar uma empresa e colocá-la em funcionamento. A startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável. Na prática são pessoas trabalhando com uma ideia diferente que pode gerar soluções para a sociedade e atender as necessidades de potenciais consumidores.

“Há empresas inovadoras em todos os setores, mas as startups de base tecnológica são mais frequentes, pois muitos perceberam que a maior riqueza do homem é a sua criatividade, que nos permite não precisar de recursos físicos para gerar valor econômico, mas sim de uma boa ideia, técnica e muita vontade.”, explica Geroldo.

Geroldo esclarece que no Brasil existem diversos investidores e grupos de investimento especializados em startups, mas somente as empresas bem preparadas e estruturadas possuem reais condições de receberem investimentos. A aceleradora atua nesse meio-campo entre investidores e empreendedores.

IMG_20160930_151700804

Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília)


O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, do CITec-Marília e do Ciem, relata que esta palestra marca a primeira ação da parceria dos ambientes de inovação de Marília (CITec-Marília e CIEM) e a aceleradora Sevna. “Além desta palestra para startups que acontece nesta sexta, iremos oficializar a parceria com a Sevna num evento promovido pela Asserti no Ciesp para empresários e investidores neste sábado às 09h da manhã”, explica o coordenador.

Segundo Fusco, tanto investidores quanto empreendedores de startups da região de Marília poderão a partir de agora estar inseridos nas edições de investimento e aceleração. “Nesta edição de 2017, serão investidos R$ 3,3 milhões em 16 a 24 startups num programa de 18 meses, as startups de Marília e região já poderão, a partir da efetivação desta parceria, participar deste programa de aceleração”, conclui Elvis Fusco.

Agenda:
Palestra sobre Ecossistemas de Startups e Aceleradoras
Data: 05 de maio
Horário: 19h30
Local: Salão Nobre do Univem

Cursos de Computação do Univem e Sistemas de Informação recebem visita de alunos do ensino médio

Nessa manhã de quinta-feira (30/03), cerca de 90 alunos do ensino médio da escola Waldemar Moniz da Rocha Barros visitaram o Univem com o objetivo de conhecer mais sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas da Informação.

Nessa visita, os alunos participaram de uma palestra realizada pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos, que mostrou as áreas de formação e as oportunidades profissionais disponíveis aos alunos dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Para mostrar na prática tais oportunidades, o Prof. Dr. Fábio Dacêncio contou um pouco de suas trajetória profissional, de bacharel em Ciência da Computação no Univem ao doutorado realizado na Usp de São Paulo, atualmente Fábio é professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Univem.

Alunos da escola Waldemar Moniz visitam Univem

Um dos pontos altos da visita foi a palestra do Prof. Dr. Allan Cesar Moreira de Oliveira, líder do grupo de jogos (Univem Game Dev) que mostrou as atividades desenvolvidas pelo grupo e que atraiu grande atenção dos alunos do ensino médio.

Além dos professores, alunos bolsistas CNPq e Fapesp que desenvolvem projetos de iniciação científica no Laboratório de Pesquisa dos cursos (Compsi – Computing and Information Systems Research Lab), Jordan Ferreira Saran, Monique Elen Fernandes Altero, Renato Gonçalves Rodrigues,Thiago Gonçalves da Costa e Valdir Pereira Junior apresentaram suas pesquisas e experiências que incluem a ida a eventos internacionais, experiência como empreendedores em startups criadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), mantido pelo Univem e atividades acadêmicas que participaram durante o curso.

A Profa. Lucia Helena Gerdullo, responsável pela visita, justificou a escolha do Univem para trazer os alunos do ensino médio, citando o fato que a instituição é reconhecida como o melhor centro educacional na formação na área da Computação e Tecnologia da Informação. “Além de conhecer as inúmeras atividades acadêmicas e profissionais que os alunos têm contato nos cursos, o Univem abre diversas portas para os alunos no mercado de trabalho, no âmbito da pesquisa científica e no empreendedorismo”.

A professora lembra que um dos objetivos da visita é também firmar uma parceria com os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem para o desenvolvimento de projetos na área de automação e robótica utilizando a tecnologia Arduino. “Trabalhamos com nossos alunos do ensino médio o uso dessas tecnologias, pois acreditamos que possam despertar interesse para as áreas de TI e engenharia e melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem nas disciplinas de exatas.”, complementou a professora.

O Prof. Dr. Elvis Fusco destaca que, atualmente, a cidade de Marília é reconhecida como uma entre as cinco cidades referências em TI no estado de São Paulo, tendo um APL de TI reconhecido pelo governo e um parque de empresas que demandam um alto número de profissionais qualificados. “Essa aproximação com os alunos do ensino médio é importante para o esclarecimento sobre a área de TI e tem como objetivo atrair futuros talentos para a área”.

O coordenador do Univem lembra que em junho começam as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, competição que treina estudantes das escolas públicas e privadas do ensino técnico e médio na programação de computadores para que eles possam participar da competição. “Em 2016, tivemos quase 200 participantes e neste ano a meta é alcançarmos 300 estudantes do ensino médio. Hoje, aproveitamos e convidamos  os alunos que realizaram a visita para a próxima Olimpíada e também para os demais eventos que acontecerão ao longo do ano como o próximo Festival Latinoamericano de Software Livre (Flisol) que acontece em abril e a X Semana de Tecnologia da Informação em setembro”, conclui o coordenador.

Representantes de Presidente Prudente visitam o CITec-Marília e CIEM

Representantes da Prefeitura e da Incubadora de Empresas de Presidente Prudente estiveram nesta quarta (29/03) visitando as instalações do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM) localizados no campus do Centro Universitário Eurípides de Marília (Univem).

Na comitiva estavam presentes o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Casagrande, o Presidente da Fundação Municipal Educacional, José Wilmar Ferreira Lima, o Secretário Municipal de Tecnologia da Informação, Rogério Marcus Alessi e o Gerente da Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente, Luís Horácio Ramos Isique. Eles foram recebidos pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador do CITec-Marília/CIEM e pelo Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, gestor do CITec-Marília/CIEM.

Carlos Casagrande (Secretário de Desenvolvimento Econômico), José Ferreira Lima (Presidente da Fundação Educacional), Rogério Alessi (Secretário de Tecnologia da Informação), Luís Ramos Isique (Gerente da Incubadora de P. Prudente), Prof. Dr. Elvis Fusco (CITec-Marília) e Prof. Dr. Fábio Dacêncio (CITec-Marília)

O objetivo da visita foi conhecer toda infraestrutura, serviços e governança dos ambientes de inovação de Marília (CITec-Marília e CIEM). Segundo Rogério Alessi, os ambientes de inovação de Marília são indicados pelo Governo de São Paulo como referência para outras cidades. “Em recente visita à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para obter informações sobre o processo de credenciamento do futuro Centro de Inovação de Presidente Prudente, a estrutura de governança do CITec-Marília e do CIEM foi indicado como modelo a ser adotado por outras cidades que desejam implantar esses ambientes.”, destacou o secretário municipal de Presidente Prudente.

Durante a visita, os visitantes puderam conhecer a estrutura de pré-incubação, incubação e pós-incubação do CIEM e o local que receberá o Espaço de Coworking a ser inaugurado brevemente. Além desses espaços, eles visitaram a sede da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e os serviços oferecidos pelo APL TI Marília que tem a Asserti como entidade gestora.

Luis Ramos Isique, elogiou a integração entre os ambientes de inovação e empreendedorismo, as empresas de TI e o Univem. “Esse processo de benchimarking que realizamos hoje nos ambientes de inovação de Marília nos mostrou um modelo de sucesso na parceria entre o setor produtivo, a universidade e o poder público no desenvolvimento e fortalecimento da região que servirá de inspiração para o ecossistema de inovação de Presidente de Prudente.”, explicou o coordenador da Incubadora de Presidente Prudente.

Os professores do Univem, Elvis Fusco e Fábio Dacêncio apresentaram aos representantes de Presidente Prudente, o histórico do CIEM e do CITec-Marília e os serviços de apoio ao empreendedorismo e à inovação gerados nestes ambientes. “Neste ano, já recebemos visita de representantes de outras cidades como Bauru, Ourinhos, Assis e Araçatuba, que nos procuram por encontrar em Marília um modelo de sucesso na geração de emprego e sustentabilidade com o investimento nos ambientes de tecnologia, inovação e empreendedorismo”, finalizou  Fusco.

Mais informações sobre os ambientes de inovação de Marília podem ser obtidas pelo site www.inovamarilia.org.br

Encontro discute projetos para desenvolvimento de Marília

Na pauta, o Parque Tecnológico de Marília

Representantes do Univem estiveram presentes ontem (23/03) no gabinete do Prefeito Daniel Alonso para receber o deputado federal Walter Ihoshi para encontro com as principais entidades produtivas da cidade.

Na pauta, projetos de incentivo ao crescimento e desenvolvimento de Marília com o apoio da atuação do Deputado Ihoshi em Brasília.

No encontro estiveram presentes além do Prefeito Daniel e o Deputado Ihoshi, o vice-prefeito Tato, o vereador Marcos Resende, o Reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o Presidente da Asserti, Prof. Dr. Elvis Fusco, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Cássio Luiz Pinto Júnior, o presidente da ACIM, Libânio Victor Nunes de Oliveira, entre outros representantes de diversas entidades produtivas da cidade.

Além de vários assuntos discutidos para o desenvolvimento local, discutiu-se sobre os ambientes locais de inovação da cidade de Marília mantidos pelo Univem, como o Centro de Inovação Tecnológica (CITec-Marília) e o Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM), que fazem parte do Sistema Paulista de Ambientes de Inovação do Estado de São Paulo (SPAI). O Prefeito Daniel Alonso reafirmou seu compromisso na continuidade do projeto do Parque Tecnológico de Marília que deve ter seu credenciamento provisório ainda neste ano, os projetos para essa conquista estão sendo elaborados pelo Univem e Asserti, em parceria com a secretaria de desenvolvimento.

O deputado Walter Ihoshi reforçou seu apoio a esses ambientes citando como, por exemplo, recente visita agendada por ele ao Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC), Gilberto Kassab que recebeu representantes do Univem para apresentação do projeto do futuro Espaço de Coworking que será criado no CITec-Marília com a participação do MCTIC.

Univem promove evento internacional de software livre

No dia 08 de abril, o Univem sediará pela sexta vez o FLISOL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre, evento internacional realizado simultaneamente em mais de 20 países desde 2005. O objetivo principal é promover a cultura do uso do Software Livre, mostrando ao público em geral a filosofia e a difusão de tecnologias de informação.

O evento é aberto a toda comunidade de Tecnologia da Informação da região e tem como atrações: palestras, minicursos e distribuição de softwares livres. O Flisol em Marília é realizado pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem por meio do COMPSI – Computing and Information Systems Resource Lab.

O Flisol é organizado pelos professores e alunos do Univem e é dirigido e aberto a todo tipo de público: estudantes, acadêmicos, empresários, profissionais, entusiastas e qualquer pessoa que tenha interesse, independente de seu conhecimento de Tecnologia da Informação..

No FLISOL, realizado desde 2011 em Marília, você terá a oportunidade de instalar software livre, que é uma alternativa real e segura para outros modelos de software no seu computador, participar de palestra e minicursos, esclarecer suas dúvidas e conhecer algumas das diversas soluções que o Software Livre apresenta para empresas, escolas, governo e até para uso pessoal. Vale lembrar que o evento é totalmente gratuito e livre e as palestras e minicursos serão certificados.

O evento será aberto com a palestra “A revolução da cultura maker e Internet das Coisas”, ministrada pelo profissional do Google, Neto Marin, que abordará a cultura do software livre, o movimento maker no contexto da Internet das Coisas. No período tarde acontecerão minicursos sobre Desenvolvimento WEB com Python e Django, OpenMP, Framework para Software Web, Controle de Versão usando Git, GNU/Linux, Ruby, Arduino e WEKA.

De acordo com o professor e coordenador do evento, Dr. Leonardo Botega, o principal objetivo do festival é apresentar alternativas quanto aos produtos oferecidos no mercado de softwares e propagar o quer chama de “filosofia do software livre”. “O intuito é ampliar a formação do aluno a apresentar novas possibilidades para empresas e profissionais da área com a cultura do software livre”, destacou.

O festival acontece em 60 cidades-sede simultaneamente no decorrer de todo o dia. “Trata-se de uma oportunidade de network. Enquanto o evento acontece aqui em Marília, trocamos informações com outros países e nos informamos do que está acontecendo por lá. Assim, conseguimos alinhar os objetivos do evento como um todo”, explicou Botega.

O coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Prof. Dr. Elvis Fusco, destaca Marília como forte referência na área de Tecnologia da Informação. “As instituições de ensino têm uma responsabilidade muito grande neste contexto de Marília ser reconhecida como polo regional de TI e o Univem exerce seu papel trazendo para a região eventos de expressividade nacional com apoio do CNPq, da Sociedade Brasileira de Computação e das empresas de TI da região por meio da ASSERTI (Associação das Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação)”, explica Fusco.

 

Mais informações e inscrições devem ser feitas pelo site http://www.univem.edu.br/compsi/flisol.

 

 

FLISOL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre

 

Programa Nacional Conexão Startup Indústria

mail

Prezados associados,

 

É com prazer que anunciamos e incentivamos a participação de todos no Programa Nacional Conexão Startup Indústria, lançado, quinta-feira (16/03), pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Com o objetivo de promover o ambiente de negócios entre startups e indústrias, atuando com foco em ações de integração digital das diferentes etapas da cadeia de valor dos produtos industriais, o programa oferecerá acesso real ao mercado para as startups, negociação para a venda do piloto para a indústria, e ainda a oportunidade de aporte financeiro de até R$ 700 mil.

Serão selecionadas 100 startups, 10 indústrias e 20 instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios. As incubadoras e aceleradoras associados à Anprotec se caracterizam como “instituições de apoio ao desenvolvimento de negócios”.

Podem participar da seleção, startups incubadas e graduadas que tenham competência e interesse em desenvolver soluções para a indústria, com mais de um ano de existência e menos de sete. Os interessados têm até o dia 12 de abril para se inscreverem.

ETAPAS

Após a seleção, os participantes farão um matchmaking onde serão formados 10 grupos de trabalho. As indústrias escolherão até quatro startups cada, de acordo com suas demandas, e as instituições de apoio de negócios indicarão as startups que têm interesse de se conectar.

Já a terceira etapa, consistirá em uma prova de conceito em que 40 startups receberão até R$ 200 mil cada. E, posteriormente, as startups apresentarão suas soluções para as indústrias participantes do programa, que escolherão 10 startups que receberão até R$500 mil para o desenvolvimento conjunto de um projeto piloto.

Por fim, a experiência da conexão será compilada e compartilhada com a indústria nacional.

Clique AQUI e acesse o edital.
Clique AQUI e faça sua inscrição.
Atenciosamente,
Equipe Anprotec

rodapmail1

Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição neste link

Inscrições para Pós-Graduação no Instituto de Computação – UNICAMP

PRE_VERM

Estão abertas as inscrições, para início em  agosto de 2016, ao processo seletivo dos cursos de Mestrado  e Doutorado em Ciência da Computação, no Instituto de Computação da UNICAMP.

O programa de pós-graduação do IC está qualificado em nível 7 pela CAPES (nota máxima).

O Instituto de Computação da UNICAMP oferece cursos de Mestrado e Doutorado em diversas áreas da Computação, já tendo formado mais de 720 mestres e mais de 160 doutores. Atualmente, estes cursos contam com cerca de 300 alunos,  oferecendo anualmente cerca de 50 disciplinas de pós-graduação, sendo que em torno de 40% delas ministradas em inglês.

O Instituto de Computação é a principal unidade de ensino e pesquisa da UNICAMP nas áreas de tecnologia da informação e teoria da computação. O Programa de Pós-Graduação do IC conta com 44 docentes com formação em diversas linhas de pesquisa e com papel de destaque no desenvolvimento da área de Ciência da Computação no Brasil. 25 desses docentes possuem Bolsa de Produtividade em Pesquisa do CNPq, sendo 13 de nível 1.

Exemplos de indicadores da qualidade do programa incluem mais de 31 prêmios em concursos de teses e dissertações nos últimos 15 anos, entre eles 5 prêmios de melhor tese de doutorado da SBC e 2 prêmios de melhor tese de doutorado da CAPES.

Outros prêmios e conquistas de alunos e docentes podem ser vistos em: http://www.ic.unicamp.br/pos/premios

Os candidatos selecionados não têm garantia de bolsa de estudos pelo PPGCC. A concessão de bolsa de estudos depende da disponibilidade da cota institucional de bolsas (CAPES e CNPq) atribuída ao programa.


Os candidatos selecionados poderão ser beneficiários de bolsas de estudos vinculadas a projetos de pesquisa dos orientadores. Estas bolsas são administradas diretamente pelos orientadores.

O Programa recomenda aos candidatos admitidos que solicitem bolsas junto à FAPESP ou a outras agências de fomento.
============================================================

ÁREAS DE PESQUISA E ORIENTAÇÃO
http://www.ic.unicamp.br/pos/areas-de-pesquisa

============================================================

Para mais informações:

 http://www.ic.unicamp.br/pos/apresentacao

Inscrições:

 http://castelo.ic.unicamp.br:8080/InscricaoAlunoRegular

Contato

sec-pos@ic.unicamp.br   Fone: (19) 3521-5842

Campinas: A Cidade Mais Surpreendente do Brasil
https://www.youtube.com/watch?v=nool_9y02vE