Arquivos da Categoria: Mercado de Trabalho

Cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem abrem chamada para visita ao Google Campus

Os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem irão promove visita técnica ao Google Campus, espaço de coworking mantido pelo Google em São Paulo.

Data: novembro, 28, 29 ou 30. O dia exato será definido quando houver a divulgação pelo Google Campus do calendário de eventos dessa semana.

Local: Google Campus, Rua Coronel Oscar Porto, 70 – São Paulo.

Valor: R$ 120, cobre somente o transporte, alimentação é por conta do aluno.

Pre-requisito para a viagem: se inscrever no site https://www.campus.co/sao-paulo/pt/sign-up/

Roteiro (ida e volta no mesmo dia):

  • Saída: Univem, 06:00 (parada de 10 min no RodoServ)
  • Almoço: São Paulo, 13:00
  • Visita coworking: Google Campus, 14:00 – 18:00
  • Palestra: 18:00 – 21:00 (passível de alteração, depende do evento que acontecer no dia que formos)
  • Retorno: 21:00
  • Chegada em Marilia: Univem, 02:00 (parada de 10 min no RodoServ)

Como se inscrever: se dirija ao NUPPE/Univem, para preencher uma ficha de inscrição e realizar o pagamento.

Mais informações devem ser obtidas com o professor Allan, responsável pela visita técnica no email allan_oliveira@univem.edu.br

Anúncios

Centro de Inovação Tecnológica de Marília inaugura espaço de coworking para startups

Foi inaugurado, nesta terça-feira (26/09), o InnovaSpace Coworking, ambiente de empreendedorismo e inovação, instalado no Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília no campus do Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem.
Atualmente, o CITec-Marília, que já conta com o Centro Incubador de Empresas de Marília – Ciem, ambos os ambientes tem a Fundação de Ensino “Eurípides Soares da Rocha” como entidade gestora, e mantém mais de 25 empresas de base tecnológica residentes nos modelos de incubação, pós-incubação e centros privados de inovação.

Segundo o Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador do CITec-Marília, o InnovaSpace Coworking consiste em um ambiente no ecossistema de inovação de Marília que representa muito mais do que uma nova forma de se relacionar com a estrutura de trabalho. “Além do compartilhamento de recursos, se caracteriza pela sinergia que se desenvolve quando pessoas de diferentes áreas interagem, gerando um fluxo intenso de troca de ideias, colaboração e networking com o objetivo de gerar startups tendo como base a indústria do conhecimento”, explica Fusco.

“O InnovaSpace Coworking faz parte de uma visão moderna de desenvolvimento de negócios de base tecnológica e startups que tem na colaboração um elemento fundamental. Mais que um espaço físico diferenciado, ele é um novo conceito de trabalho, fundamental para criar um ambiente vibrante como queremos para os jovens de Marília”, complementa Elvis Fusco.

Para o Subsecretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Strama, o InnovaSpace Coworking passa a ser porta de entrada para os ambientes de inovação para empresas de base tecnológica nascentes, cujo objetivo é fazer com que os empreendedores tornem a interação e a colaboração entre seus negócios evidente, interagindo ainda mais com os diferentes agentes do ecossistema do CITec-Marília. “O CITec-Marília oferece apoio na incubação, pós-incubação e na criação de centros privados de inovação. Com o InnovaSpace Coworking, passa a oferecer a pré-incubação em que empreendedores que estejam na fase de ideação, encontrarão um ambiente moderno e suportado pela colaboração, networking e aceleração”, comenta Marcelo Strama.

O lançamento do InnovaSpace Coworking reforça ainda mais o protagonismo da cidade de Marília no desenvolvimento de competências nas áreas do empreendedorismo, inovação e tecnologia, que visa unir o conhecimento das instituições de ensino e dos ambientes de inovação e empreendedorismo que são credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação do Governo de São Paulo, a fim de evoluir o aspecto de inovação no centro-oeste paulista.Clique aqui e veja mais fotos do InnovaSpace Coworking

Cobertura da X Semana de Tecnologia da Informação do Univem



X Semana de Tecnologia da Informação começa nesta segunda

Começa nesta segunda, 11 de setembro, a X Semana de Tecnologia da Informação, evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem em parceria com o COMPSI (Computing and Information Systems Research Lab), a ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e o CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília).

Maior evento da área de Tecnologia da Informação (TI) da região, atrai profissionais, empreendedores e alunos que buscam atualização tecnológica por meio de seminários, palestras e minicursos e networking por meio das diversas atividades de fomento ao empreendedorismo, inovação e e tecnologia.

Inovação tecnológica, empreendedorismo em TI, smart cities, startups, vale do silício, data lake, cloud computing, deep learning, mobile apps, tecnologias de front-end, games, machine learning são alguns dos temas das palestras e minicursos que serão tratados neste ano na Semana de Tecnologia da Informação.

fotosemanati.jpg

Na abertura da Semana de TI, no dia 11 de setembro às 19h30, acontece o 3º Seminário de Inovação “Inova Marília”, fórum de discussão sobre o tema trazendo a palestra “Incentivando o empreendedorismo na Universidade” com Roberto Ferrari, diretor executivo da Agência de Inovação da UFSCar e palestra “Cenário da Inovação no Brasil” com Roberto Nicolsky, diretor presidente da Sociedade Brasileira Pró-inovação Tecnológica.

Na véspera de receber o credenciamento provisório do Parque Tecnológico, Marília e região vivem um momento especial em relação à área de Tecnologia da Informação e Inovação e o Univem consolida-se cada vez mais como entidade protagonista na no processo de posicionar a cidade como polo de tecnologia e inovação. Neste contexto, a Semana de TI traz novamente para Marília, o Movimento pela Inovação, evento que acontece nos dias 12 e 13, promovido pela Desenvolve SP, que tem como objetivo oferecer linhas de fomento e orientação especializada para empresas e pesquisadores que desejam investir em inovação ou colocar em prática um projeto inovador.

Durante o evento apresenta o Recruting Semanati 2017, espaço destinado a empresas exporem seus produtos e serviços e realizar o recrutamento de alunos e profissionais.

Grandes empresas de TI como a Boa Vista Serviços, Telecontrol, Tray, Locaweb,  CIAG (Jacto), Totvs, Interfocus, Dsin, Bredas, Onclick, Life,  Totvs, TK Ingressos estarão presentes no evento com apoio e stands no espaço Recruiting, além da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) que neste dia 11 de setembro completa 5 anos, consolidada como a maior entidade representativa da área de Tecnologia da Informação do interior de São Paulo.

A 10ª edição do evento traz algumas novidades para os aficionados por games que poderão participar da 1ª Jornada de Games Univem que contará com o Game Class, treinamento para aprender a jogar, o Games Dev, cursos de desenvolvimento de games e o Torneio Univem de League of Legends.

Segundo o Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem e do Centro de Inovação Tecnológica de Marília, a Semana de TI em Marília é um evento esperado pela comunidade da região. “Conseguimos congregar neste evento, profissionais, empreendedores e estudantes da área de TI de instituições de toda a região e a cada ano trazemos novidades que enriquecem cada vez o evento. Neste ano, além do ciclo de palestras e minicursos, do Recruting Semanati, da Maratona Regional de Programação e da Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, teremos o Movimento pela Inovação da Desenvolve SP para empreendedores e pesquisadores em busca de recursos para projetos de inovação e a Jornada de Games que tem atraído futuros talentos para essa área que cresce cada vez no mercado de TI”, conclui o coordenador do evento.

O evento vai até o dia 16 de setembro e é aberto ao público em geral. Para conferir a programação completa e realizar a inscrição no evento, acesse www.univem.edu.br/semanati2017.

5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

Univem abre inscrições para 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

 

O Univem, por meio dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, abre a partir do dia 1º de junho as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio. Os interessados podem se inscrever até o dia 15 de julho pelo site www.univem.edu.br/olimpiada2017. A adesão é gratuita. A competição vai ser realizada no dia 12 de agosto, das 8 às 13h, no Centro Universitário. A premiação acontece dia 11 de setembro durante a X Semana de Tecnologia da Informação do Univem.

A 5ª Olimpíada de Informática é uma competição voltada a alunos do Ensino Médio e Técnico das redes pública e privada.  A competição será disputada por times de dois alunos. O objetivo é verificar os conhecimentos desses estudantes nas áreas de lógica computacional e programação de computadores, premiando os alunos que obtiverem as melhores colocações.

 

                                  Alunos do ensino médio participam da competição em 2016

 

De acordo com coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Profº Drº Elvis Fusco, a Olimpíada vem reforçar a importância da área de Tecnologia da Informação para o desenvolvimento socioeconômico local e nacional. Além disso,  desperta o interesse dos jovens pela área de TI com vistas ao aproveitamento das oportunidades profissionais que o setor, em plena expansão, vem apresentando nos últimos anos. ”Na edição do ano passado tivemos mais de 180 inscritos no programa, esses alunos passam por treinamento em algoritmos e programação de computadores para poderem participar da competição. O evento é uma ótima oportunidade para os estudantes que querem conhecer um pouco mais sobre a área de Computação e Sistemas de Informação antes de se decidirem por um curso superior”, destaca o coordenador.

A competição, segundo ele, proporciona novos desafios aos estudantes, contribuindo para o maior interesse no aproveitamento das aulas das disciplinas de exatas do ensino médio e aproxima os alunos da estrutura do Univem promovendo maior integração entre docentes, pesquisadores e futuros alunos do ensino superior brasileiro.

Rodrigo Gonçalves Rodrigues, atualmente aluno do 2º ano do curso de Sistemas de Informação do Univem, conseguiu estágio na área já no 1º ano de curso e neste mês foi efetivado na empresa de tecnologia Interfocus. Rodrigo foi vencedor da Olimpíada em 2015, a motivação para participar da olimpíada foi além dos treinamentos oferecidos que o Univem ofereceu. “A competição confirmou ainda mais minha vocação para a área de Tecnologia da Informação. A Olimpíada busca despertar, nos alunos de ensino médio, até os que nunca tiveram contato com a programação, o desejo por aprender a programar, por buscar essa área que cresce cada dia mais e mais no mundo, uma oportunidade que pode ser única e gratificante. A participação na competição acelerou meu desenvolvimento na área de TI e possibilitou que conseguisse um estágio nos primeiros meses de curso e felizmente acabei de ser efetivado no cargo numa grande empresa de TI da cidade”, comemora Rodrigo.

PREMIAÇÃO – O evento tem o apoio da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação – Asserti e do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e nesta edição os melhores colocados vão ser contemplados com Kits de Robótica, Curso de Robótica Arduíno, Curso de Formação Desenvolvedor Android + IOS e Bolsas CNPq de Pesquisa Tecnológica para Alunos do Ensino Médio.

Vale lembrar que para participar da competição será oferecido aos participantes cursos e treinamento para capacitar os alunos nos conteúdos exigidos durante a competição.  A Escola de Férias de Programação vai ter início no dia 17 de julho e segue até o dia 11 de agosto.

TOME NOTA

Inscrição gratuita
1º de junho a 15 de julho
(www.univem.edu.br/olimpiada2017)

Curso de Programação de Computadores
(Escola de Férias de Programação)
De 17/07  a 28/07
(segunda à sexta das 14 às 17h)

Treinamento para a Maratona de Programação
De 31/07 a 11/08
(segunda à sexta das 14 às 17h)

Competição
12 de agosto
(das 08 às 13h)

Premiação
11/09
(X Semana de Tecnologia da Informação do Univem)

Cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação levam expertise para Escola Waldemar Moniz

De um lado o conhecimento, a expertise oferecidos pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, coordenados pelo Prof. Dr. Elvis Fusco. De outro, uma escola com um rico material tecnológico doado pelo Estado, alunos ávidos por aprender e a falta de capacitação. Juntos e embuídos em transformar as plataformas eletrônicas em material didático, nasceu a parceria entre a instituição e a Escola Estadual Waldemar Moniz.

As aulas de robótica, com o uso do arduíno – plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, acontecem duas vezes por semana e são monitoradas pelos alunos Valdeir da Silva Neto e Marcelo de Souza da Silva dos Santos do curso de Sistemas de Informação e orientadas pelo professor do curso de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Fábio Navarro.

Segundo ele o objetivo é fazer com que com a utilização dos kits, os alunos pensem em programas que interajam e contribuam com o meio. “É o que chamamos de Internet das Coisas. Aqui há um material humano e tecnológico muito importante. Só faltava a capacitação para a utilização do arduíno. Com essa parceria o Univem promove a extensão. Leva seu conhecimento à comunidade”, comentou.

A partir da utilização dos recursos tecnológicos na construção de novas propostas pedagógicas, a escola Waldemar Moniz tem buscado a inclusão digital no ensino. Dentro desse propósito, nasceu o “Projeto Mãos de Aço” que cria meios para os estudantes se apropriarem criticamente das inovações tecnológicas, fundamentais para a participação no mundo do trabalho, a formação acadêmica e cidadania. O projeto é interdisciplinar e promove a integração dos alunos.

Segundo a professora de Física da escola, Nathália Veronezzi  a parceria com o Univem foi fundamental para a realização do projeto. Ainda, de acordo com ela, o contato dos alunos com a universidade é fundamental para ampliar os horizontes dos jovens, que a partir dos laboratórios de informática monitorados pelos alunos e professor da universidade, têm percebido a tecnologia como oportunidade no mercado profissional.

Para o aluno do 3º ano do Ensino Médio, Gabriel Dias Praça, as aulas monitoradas e a parceria com o Univem possibilitou aos alunos um contato ímpar com o meio universitário. “A gente teve e continua tendo um contato que antes não tínhamos com a universidade. Passamos e conhecer as possibilidades oferecidas e o que o mercado tem exigido. Já penso em criar um programa que auxilie os alunos no processo de aprendizagem”, afirmou.

O Prof. Elvis Fusco destaca o fato que esse conhecimento que os estudantes do Univem estão compartilhando com os alunos da escola de Ensino Médio são adquiridos em sala de aula e em projetos de pesquisa. “Nessa parceria nossos alunos exercem o papel de multiplicadores do conhecimento fazendo um papel social muito importante ao ajudar a Escola Waldemar Moniz utilizar esses aparatos tecnológicos que foram adquiridos com recursos públicos e inspirar os jovens do ensino médio a ingressar no mercado de Tecnologia da Informação”, concluiu o coordenador.

Univem realiza palestra sobre startups e aceleradoras

O Univem, por meio dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), realiza nesta sexta (05/05) palestra sobre os ecossistemas de startups e fontes de fomento a empreendimentos inovadores.

A palestra será ministrada pelo CEO da aceleradora Sevna Seed, João Paulo Geroldo, e é direcionada para empreendedores, startups e alunos que estão desenvolvendo seus projetos de empreendedorismo ainda na graduação ou pós-graduação.

Segundo João Paulo Geroldo, CEO do Sevna, o termo “startup” geralmente é associado ao ato de iniciar uma empresa e colocá-la em funcionamento. A startup é um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável. Na prática são pessoas trabalhando com uma ideia diferente que pode gerar soluções para a sociedade e atender as necessidades de potenciais consumidores.

“Há empresas inovadoras em todos os setores, mas as startups de base tecnológica são mais frequentes, pois muitos perceberam que a maior riqueza do homem é a sua criatividade, que nos permite não precisar de recursos físicos para gerar valor econômico, mas sim de uma boa ideia, técnica e muita vontade.”, explica Geroldo.

Geroldo esclarece que no Brasil existem diversos investidores e grupos de investimento especializados em startups, mas somente as empresas bem preparadas e estruturadas possuem reais condições de receberem investimentos. A aceleradora atua nesse meio-campo entre investidores e empreendedores.

IMG_20160930_151700804

Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília)


O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, do CITec-Marília e do Ciem, relata que esta palestra marca a primeira ação da parceria dos ambientes de inovação de Marília (CITec-Marília e CIEM) e a aceleradora Sevna. “Além desta palestra para startups que acontece nesta sexta, iremos oficializar a parceria com a Sevna num evento promovido pela Asserti no Ciesp para empresários e investidores neste sábado às 09h da manhã”, explica o coordenador.

Segundo Fusco, tanto investidores quanto empreendedores de startups da região de Marília poderão a partir de agora estar inseridos nas edições de investimento e aceleração. “Nesta edição de 2017, serão investidos R$ 3,3 milhões em 16 a 24 startups num programa de 18 meses, as startups de Marília e região já poderão, a partir da efetivação desta parceria, participar deste programa de aceleração”, conclui Elvis Fusco.

Agenda:
Palestra sobre Ecossistemas de Startups e Aceleradoras
Data: 05 de maio
Horário: 19h30
Local: Salão Nobre do Univem

Cursos de Computação do Univem e Sistemas de Informação recebem visita de alunos do ensino médio

Nessa manhã de quinta-feira (30/03), cerca de 90 alunos do ensino médio da escola Waldemar Moniz da Rocha Barros visitaram o Univem com o objetivo de conhecer mais sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas da Informação.

Nessa visita, os alunos participaram de uma palestra realizada pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos, que mostrou as áreas de formação e as oportunidades profissionais disponíveis aos alunos dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Para mostrar na prática tais oportunidades, o Prof. Dr. Fábio Dacêncio contou um pouco de suas trajetória profissional, de bacharel em Ciência da Computação no Univem ao doutorado realizado na Usp de São Paulo, atualmente Fábio é professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Univem.

Alunos da escola Waldemar Moniz visitam Univem

Um dos pontos altos da visita foi a palestra do Prof. Dr. Allan Cesar Moreira de Oliveira, líder do grupo de jogos (Univem Game Dev) que mostrou as atividades desenvolvidas pelo grupo e que atraiu grande atenção dos alunos do ensino médio.

Além dos professores, alunos bolsistas CNPq e Fapesp que desenvolvem projetos de iniciação científica no Laboratório de Pesquisa dos cursos (Compsi – Computing and Information Systems Research Lab), Jordan Ferreira Saran, Monique Elen Fernandes Altero, Renato Gonçalves Rodrigues,Thiago Gonçalves da Costa e Valdir Pereira Junior apresentaram suas pesquisas e experiências que incluem a ida a eventos internacionais, experiência como empreendedores em startups criadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), mantido pelo Univem e atividades acadêmicas que participaram durante o curso.

A Profa. Lucia Helena Gerdullo, responsável pela visita, justificou a escolha do Univem para trazer os alunos do ensino médio, citando o fato que a instituição é reconhecida como o melhor centro educacional na formação na área da Computação e Tecnologia da Informação. “Além de conhecer as inúmeras atividades acadêmicas e profissionais que os alunos têm contato nos cursos, o Univem abre diversas portas para os alunos no mercado de trabalho, no âmbito da pesquisa científica e no empreendedorismo”.

A professora lembra que um dos objetivos da visita é também firmar uma parceria com os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem para o desenvolvimento de projetos na área de automação e robótica utilizando a tecnologia Arduino. “Trabalhamos com nossos alunos do ensino médio o uso dessas tecnologias, pois acreditamos que possam despertar interesse para as áreas de TI e engenharia e melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem nas disciplinas de exatas.”, complementou a professora.

O Prof. Dr. Elvis Fusco destaca que, atualmente, a cidade de Marília é reconhecida como uma entre as cinco cidades referências em TI no estado de São Paulo, tendo um APL de TI reconhecido pelo governo e um parque de empresas que demandam um alto número de profissionais qualificados. “Essa aproximação com os alunos do ensino médio é importante para o esclarecimento sobre a área de TI e tem como objetivo atrair futuros talentos para a área”.

O coordenador do Univem lembra que em junho começam as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, competição que treina estudantes das escolas públicas e privadas do ensino técnico e médio na programação de computadores para que eles possam participar da competição. “Em 2016, tivemos quase 200 participantes e neste ano a meta é alcançarmos 300 estudantes do ensino médio. Hoje, aproveitamos e convidamos  os alunos que realizaram a visita para a próxima Olimpíada e também para os demais eventos que acontecerão ao longo do ano como o próximo Festival Latinoamericano de Software Livre (Flisol) que acontece em abril e a X Semana de Tecnologia da Informação em setembro”, conclui o coordenador.

Representantes de Presidente Prudente visitam o CITec-Marília e CIEM

Representantes da Prefeitura e da Incubadora de Empresas de Presidente Prudente estiveram nesta quarta (29/03) visitando as instalações do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM) localizados no campus do Centro Universitário Eurípides de Marília (Univem).

Na comitiva estavam presentes o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Casagrande, o Presidente da Fundação Municipal Educacional, José Wilmar Ferreira Lima, o Secretário Municipal de Tecnologia da Informação, Rogério Marcus Alessi e o Gerente da Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente, Luís Horácio Ramos Isique. Eles foram recebidos pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador do CITec-Marília/CIEM e pelo Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, gestor do CITec-Marília/CIEM.

Carlos Casagrande (Secretário de Desenvolvimento Econômico), José Ferreira Lima (Presidente da Fundação Educacional), Rogério Alessi (Secretário de Tecnologia da Informação), Luís Ramos Isique (Gerente da Incubadora de P. Prudente), Prof. Dr. Elvis Fusco (CITec-Marília) e Prof. Dr. Fábio Dacêncio (CITec-Marília)

O objetivo da visita foi conhecer toda infraestrutura, serviços e governança dos ambientes de inovação de Marília (CITec-Marília e CIEM). Segundo Rogério Alessi, os ambientes de inovação de Marília são indicados pelo Governo de São Paulo como referência para outras cidades. “Em recente visita à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo para obter informações sobre o processo de credenciamento do futuro Centro de Inovação de Presidente Prudente, a estrutura de governança do CITec-Marília e do CIEM foi indicado como modelo a ser adotado por outras cidades que desejam implantar esses ambientes.”, destacou o secretário municipal de Presidente Prudente.

Durante a visita, os visitantes puderam conhecer a estrutura de pré-incubação, incubação e pós-incubação do CIEM e o local que receberá o Espaço de Coworking a ser inaugurado brevemente. Além desses espaços, eles visitaram a sede da Asserti (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e os serviços oferecidos pelo APL TI Marília que tem a Asserti como entidade gestora.

Luis Ramos Isique, elogiou a integração entre os ambientes de inovação e empreendedorismo, as empresas de TI e o Univem. “Esse processo de benchimarking que realizamos hoje nos ambientes de inovação de Marília nos mostrou um modelo de sucesso na parceria entre o setor produtivo, a universidade e o poder público no desenvolvimento e fortalecimento da região que servirá de inspiração para o ecossistema de inovação de Presidente de Prudente.”, explicou o coordenador da Incubadora de Presidente Prudente.

Os professores do Univem, Elvis Fusco e Fábio Dacêncio apresentaram aos representantes de Presidente Prudente, o histórico do CIEM e do CITec-Marília e os serviços de apoio ao empreendedorismo e à inovação gerados nestes ambientes. “Neste ano, já recebemos visita de representantes de outras cidades como Bauru, Ourinhos, Assis e Araçatuba, que nos procuram por encontrar em Marília um modelo de sucesso na geração de emprego e sustentabilidade com o investimento nos ambientes de tecnologia, inovação e empreendedorismo”, finalizou  Fusco.

Mais informações sobre os ambientes de inovação de Marília podem ser obtidas pelo site www.inovamarilia.org.br