Arquivos da Categoria: Extensão

Aluno de Ciência da Computação do Univem é contemplado com bolsa internacional

Anúncios

Alunos publicam trabalhos científicos em evento internarcional

12ª Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação

Os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem comemoram os recentes avanços de pesquisas científicas de seus alunos. O grupo de pesquisa de Interação Humano-Computador do Univem ligado ao Compsi (Computing and Information Systems Research Lab), laboratório de pesquisa mantido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, teve importantes publicações apresentadas em evento internacional, a 12ª Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação (CISTI).

A 12ª CISTI que aconteceu em Lisboa-Portugal é um evento técnico-científico anual que visa a apresentação e a discussão de conhecimentos, novas perspectivas, experiências e inovações no domínio dos sistemas e tecnologias de informação.

Um dos trabalhos, desenvolvido em parceria com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), apresenta uma solução de fusão de dados e informações, visando dar suporte à tomada de decisão no combate a incêndios em áreas de conservação do cerrado brasileiro.

Prof. Dr. Leonardo Botega dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem

O trabalho trata da gestão da informação sobre incêndios florestais em áreas protegidas é um exemplo de situação onde a tomada de decisão mais assertiva é fundamental para se garantir uma melhor alocação de recursos para a resposta a emergências. Este trabalho tem como objetivo apresentar um processo de fusão de dados e informações de múltiplas fontes para produzir informações mais significativas e com reduzida distorção a partir de denúncias de incêndio, visando estimular a SAW de operadores do Corpo de Bombeiros e brigadas de apoio, para amplificar o controle e extinção de incêndios no Distrito Federal (Brasil).

O outro trabalho, desenvolvido em parceria com a empresa Stratelli – Inteligência Estratégica e Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apresenta esforços para realizar fusão de informações criminais considerando questões semânticas.

Esta pesquisa se propõe a demonstrar na prática tais limitações e apresentar uma abordagem em direção ao emprego de modelos semânticos de representação e inferência de informações, utilizando o domínio de gerenciamento de riscos como estudo de caso, mais especificamente com dados criminais do Brasil.

As pesquisas tiveram a participação dos alunos Jordan Saran, de Ciência da Computação, Valdir Junior, aluno de Ciência da Computação, Cássio Santo, aluno de Sistemas de Informação, Lucas Ladeira, Allan Souza e Vitória Mendes, formados em Ciência da Computação pelo Univem, dos professores do Univem, Dr. Leonardo Botega e Dr. Allan Oliveira, pela pesquisadora do IBICT, Dra. Fátima Tavares, Me. João Martins e Vagner Pagotti, pesquisadores da Empresa Stratelli e Dr. Leandro Villas, professor da Unicamp.

O Prof. Dr. Leonardo Botega, orientador dos trabalhos e coordenador do grupo, acrescenta que “fornecer subsídios para uma melhor tomada de decisão pode ajudar operadores de sistemas de gerenciamento de emergências a melhor entender os eventos históricos e apoiar a elaboração de táticas de atendimento mais eficientes”. O professor também argumenta que a publicação e participação de alunos de iniciação científica em grandes eventos solidifica a competência científica dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem. O professor também destaca que parcerias são essenciais para o sucesso de trabalhos interdisciplinares.

 

Editais Abertos de Mestrado nas Áreas de Computação, Sistemas de Informação e TI

USP Leste São Paulo (EACH) -Sistemas de Informação

Edital: http://ppgsi.each.usp.br/arquivos/PPgSI-Edital-Selecao-39_2017.pdf

Inscrição: 06/11/2017 até 26/11/2017

Site: http://ppgsi.each.usp.br/

**********************************************************************************

USP São Carlos – Ciência da Computação

Edital: https://web.icmc.usp.br/SVPGRAD/portal/ppgccmc/editalmeppgccmc.pdf

Inscrição: 11/09/2017 até 25/10/2017

Site: http://www.icmc.usp.br/pos-graduacao/ppgccmc

**********************************************************************************

UNESP Marília – Ciência da Informação

Edital: http://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/edital_2018_ppgci_oficial_doe.pdf

Inscrição: 21/08/2017 até 22/09/2017

Site: http://www.marilia.unesp.br/#!/pos-graduacao/mestrado-e-doutorado/ciencia-da-informacao/processo-seletivo-2018/

Aluno de Computação do Univem realiza intercâmbio cultural

O Aluno Thiago Aparecido Gonçalves da Costa na Universidade de Lisboa

 

No período do dia 27 de junho a 11 de julho de 2017, o aluno do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Centro Universitário Eurípedes de Marília (Univem) realizou um intercâmbio cultural oferecido pelo Banco Santander por meio do Programa de Mobilidade Internacional chamado Santander Universidades para os seguintes países: Portugal, Alemanha e França.

O programa de mobilidade internacional do Banco Santander apoia a educação superior por meio de bolsas de estudos internacionais em parceria com universidades de todo o mundo, incentivando o intercâmbio acadêmico e, principalmente, a internacionalização de alunos e professores das instituições de ensino superior conveniadas.

O aluno participou do VIII Encontro Luso-Brasileiro de Direito, evento criado entre a parceria com a Universidade de Lisboa, Univem e Uenp. O evento discutiu temas como: Sistemas de Controle da Administração Pública em Portugal e no Brasil, o combate à corrupção em Portugal, Igualdade entre os povos, etc.

Thiago ressalta a experiência acadêmica e cultural da participação no evento e menciona que além de agregar muito a questão interdisciplinar do evento, ele conseguiu relacionar temas como transparência e disponibilidade dos dados digitais no ambiente Web até a importância dos dados estarem interligados para prover uma maior eficiência no meio jurídico.

O aluno agradeceu imensamente a oportunidade do Banco Santander em parceria com o Univem e também à Pró-reitora Graduação, Profa. Dra. Raquel Cristina Ferraroni Sanches e aos professores Dr. Elvis Fusco e Dr. Fábio Dacêncio Pereira e reforça que todos os alunos do Univem deveriam participar do processo seletivo das bolsas de mobilidade internacional do Banco Santander, pois é uma experiência fantástica.

5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio – Inscrições Abertas

Chamada de propostas de minicursos para a X Semana de Tecnologia da Informação

Estão abertas inscrições de propostas de minicursos para a X Semana de Tecnologia da Informação que acontece no período de 11 a 16 de setembro,  evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem com o apoio da ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e do CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília)

O minicursos podem ser ministrados por profissionais de Tecnologia da Informação (TI), alunos e ex-alunos e deverão ser de 3 horas e contemplar temas ligados a tecnologia, empreendedorismo e inovação em TI.

As propostas de minicursos devem ser enviadas até 31 de julho para o e-mail  semanati@univem.edu.br com as seguintes informações:

  • Nome do ministrante;
  • Nome da empresa;
  • Tema do minicurso;
  • Breve descrição do minicurso;
  • Experiência do ministrante com o tema;
  • Softwares e equipamentos necessários;
  • Horário:
    [ ] Período Noturno – segunda/sexta (11 à 15 de setembro)
    [ ] Período Manhã – sábado (16 de setembro)

Os participantes que ministrarem minicursos terão isenção da taxa de inscrição no evento e receberão certificado de comprovação da ministração do minicurso.

O resultado das propostas devem sair até o dia 07 de agosto.

Para mais informações sobre o evento, acesse: www.univem.edu.br/semanati2017.

Divulgada a data de realização do POSCOMP 2017

O Exame Nacional para Ingresso na Pós-Graduação em Computação (POSCOMP) é um exame aplicado em todas as regiões do País. Em parceria com a Sociedade Peruana de Computação, desde 2006 o Exame passou a ser realizado no Peru. O POSCOMP testa conhecimentos na área de Computação e tem como objetivo específico avaliar os conhecimentos de candidatos a Programas de Pós-Graduação em Computação oferecidos no Brasil. A grande maioria dos Programas de Pós-Graduação no País utiliza, de alguma forma, o resultado do POSCOMP em seu processo seletivo.

O POSCOMP foi concebido para permitir que os candidatos a cursar Programas de Pós-Graduação em Computação possam participar dos processos seletivos em vários Programas no País, sem a necessidade de deslocamento para a sede de cada um dos Programas postulados pelo candidato, cumprindo assim um forte papel de inclusão social.

O candidato realiza a prova no local mais próximo de onde mora e o resultado de seu exame é enviado para todos Programas que participam do POSCOMP, podendo assim o candidato pleitear vaga em qualquer um dos programas de pós-graduação que participam do POSCOMP.

Os candidatos que realizam o Exame têm acesso ao seu resultado, individualmente, bem como a indicação das questões certas e erradas, a média e o desvio padrão.

O período de inscrições para o POSCOMP 2017 pela internet, através do site http://www.fundatec.org.br é de 13/06 a 15/08/2017 e a prova ocorrerá em 17/09/2017. O edital será divulgado no site da SBC e também no da Fundatec.

Para acessar a lista completa de cidades-sede da prova, acesse:http://www.sbc.org.br/documentos-da-sbc/summary/185-poscomp/1083-locais-de-prova.

Fonte: http://www.sbc.org.br/noticias/1938-divulgada-a-data-de-realizacao-do-poscomp-2017

Cursos de Computação do Univem e Sistemas de Informação recebem visita de alunos do ensino médio

Nessa manhã de quinta-feira (30/03), cerca de 90 alunos do ensino médio da escola Waldemar Moniz da Rocha Barros visitaram o Univem com o objetivo de conhecer mais sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas da Informação.

Nessa visita, os alunos participaram de uma palestra realizada pelo Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos, que mostrou as áreas de formação e as oportunidades profissionais disponíveis aos alunos dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Para mostrar na prática tais oportunidades, o Prof. Dr. Fábio Dacêncio contou um pouco de suas trajetória profissional, de bacharel em Ciência da Computação no Univem ao doutorado realizado na Usp de São Paulo, atualmente Fábio é professor dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação e coordenador do Núcleo de Pesquisa e Extensão do Univem.

Alunos da escola Waldemar Moniz visitam Univem

Um dos pontos altos da visita foi a palestra do Prof. Dr. Allan Cesar Moreira de Oliveira, líder do grupo de jogos (Univem Game Dev) que mostrou as atividades desenvolvidas pelo grupo e que atraiu grande atenção dos alunos do ensino médio.

Além dos professores, alunos bolsistas CNPq e Fapesp que desenvolvem projetos de iniciação científica no Laboratório de Pesquisa dos cursos (Compsi – Computing and Information Systems Research Lab), Jordan Ferreira Saran, Monique Elen Fernandes Altero, Renato Gonçalves Rodrigues,Thiago Gonçalves da Costa e Valdir Pereira Junior apresentaram suas pesquisas e experiências que incluem a ida a eventos internacionais, experiência como empreendedores em startups criadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (Ciem), mantido pelo Univem e atividades acadêmicas que participaram durante o curso.

A Profa. Lucia Helena Gerdullo, responsável pela visita, justificou a escolha do Univem para trazer os alunos do ensino médio, citando o fato que a instituição é reconhecida como o melhor centro educacional na formação na área da Computação e Tecnologia da Informação. “Além de conhecer as inúmeras atividades acadêmicas e profissionais que os alunos têm contato nos cursos, o Univem abre diversas portas para os alunos no mercado de trabalho, no âmbito da pesquisa científica e no empreendedorismo”.

A professora lembra que um dos objetivos da visita é também firmar uma parceria com os cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem para o desenvolvimento de projetos na área de automação e robótica utilizando a tecnologia Arduino. “Trabalhamos com nossos alunos do ensino médio o uso dessas tecnologias, pois acreditamos que possam despertar interesse para as áreas de TI e engenharia e melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem nas disciplinas de exatas.”, complementou a professora.

O Prof. Dr. Elvis Fusco destaca que, atualmente, a cidade de Marília é reconhecida como uma entre as cinco cidades referências em TI no estado de São Paulo, tendo um APL de TI reconhecido pelo governo e um parque de empresas que demandam um alto número de profissionais qualificados. “Essa aproximação com os alunos do ensino médio é importante para o esclarecimento sobre a área de TI e tem como objetivo atrair futuros talentos para a área”.

O coordenador do Univem lembra que em junho começam as inscrições para a 5ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio, competição que treina estudantes das escolas públicas e privadas do ensino técnico e médio na programação de computadores para que eles possam participar da competição. “Em 2016, tivemos quase 200 participantes e neste ano a meta é alcançarmos 300 estudantes do ensino médio. Hoje, aproveitamos e convidamos  os alunos que realizaram a visita para a próxima Olimpíada e também para os demais eventos que acontecerão ao longo do ano como o próximo Festival Latinoamericano de Software Livre (Flisol) que acontece em abril e a X Semana de Tecnologia da Informação em setembro”, conclui o coordenador.

Univem promove evento internacional de software livre

No dia 08 de abril, o Univem sediará pela sexta vez o FLISOL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre, evento internacional realizado simultaneamente em mais de 20 países desde 2005. O objetivo principal é promover a cultura do uso do Software Livre, mostrando ao público em geral a filosofia e a difusão de tecnologias de informação.

O evento é aberto a toda comunidade de Tecnologia da Informação da região e tem como atrações: palestras, minicursos e distribuição de softwares livres. O Flisol em Marília é realizado pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem por meio do COMPSI – Computing and Information Systems Resource Lab.

O Flisol é organizado pelos professores e alunos do Univem e é dirigido e aberto a todo tipo de público: estudantes, acadêmicos, empresários, profissionais, entusiastas e qualquer pessoa que tenha interesse, independente de seu conhecimento de Tecnologia da Informação..

No FLISOL, realizado desde 2011 em Marília, você terá a oportunidade de instalar software livre, que é uma alternativa real e segura para outros modelos de software no seu computador, participar de palestra e minicursos, esclarecer suas dúvidas e conhecer algumas das diversas soluções que o Software Livre apresenta para empresas, escolas, governo e até para uso pessoal. Vale lembrar que o evento é totalmente gratuito e livre e as palestras e minicursos serão certificados.

O evento será aberto com a palestra “A revolução da cultura maker e Internet das Coisas”, ministrada pelo profissional do Google, Neto Marin, que abordará a cultura do software livre, o movimento maker no contexto da Internet das Coisas. No período tarde acontecerão minicursos sobre Desenvolvimento WEB com Python e Django, OpenMP, Framework para Software Web, Controle de Versão usando Git, GNU/Linux, Ruby, Arduino e WEKA.

De acordo com o professor e coordenador do evento, Dr. Leonardo Botega, o principal objetivo do festival é apresentar alternativas quanto aos produtos oferecidos no mercado de softwares e propagar o quer chama de “filosofia do software livre”. “O intuito é ampliar a formação do aluno a apresentar novas possibilidades para empresas e profissionais da área com a cultura do software livre”, destacou.

O festival acontece em 60 cidades-sede simultaneamente no decorrer de todo o dia. “Trata-se de uma oportunidade de network. Enquanto o evento acontece aqui em Marília, trocamos informações com outros países e nos informamos do que está acontecendo por lá. Assim, conseguimos alinhar os objetivos do evento como um todo”, explicou Botega.

O coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Prof. Dr. Elvis Fusco, destaca Marília como forte referência na área de Tecnologia da Informação. “As instituições de ensino têm uma responsabilidade muito grande neste contexto de Marília ser reconhecida como polo regional de TI e o Univem exerce seu papel trazendo para a região eventos de expressividade nacional com apoio do CNPq, da Sociedade Brasileira de Computação e das empresas de TI da região por meio da ASSERTI (Associação das Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação)”, explica Fusco.

 

Mais informações e inscrições devem ser feitas pelo site http://www.univem.edu.br/compsi/flisol.

 

 

FLISOL – Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre

 

Alunos da Computação do Univem destacam-se como Bolsistas Fapesp

O aluno do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Univem, Thiago Aparecido Gonçalves da Costa é mais um aluno contemplado com a bolsa de pesquisa mais concorrida no universo acadêmico, a bolsa Fapesp. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo é uma das principais agências de fomento à pesquisa científica e tecnológica do país. Com autonomia garantida por lei, a Fapesp está ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo e apoia projetos de pesquisa em universidades e empresas do Estado.

Segundo o Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, coordenador de pesquisa e extensão do Univem, as bolsas Fapesp são disputadas por alunos de todo Estado de São Paulo, incluindo instituições públicas como Usp, Unesp, Unicamp e Universidades Federais. O processo seletivo é muito rigoroso e os projetos são avaliados com base na sua originalidade e relevância científica. O aluno deve ter um notório histórico acadêmico, que inclui a participação em eventos e publicações.

A pesquisa do aluno Thiago faz parte de um projeto de pesquisa desenvolvido no Grupo de Pesquisa Inovação em Tecnologias Informacionais Computacionais vinculado ao Computing and Information Systems Research Lab – COMPSI, laboratório de pesquisa em Computação e Sistemas de Informação, que congrega várias atividades ligadas à prática docente e discente dos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Centro Universitário Eurípides de Marília. Este projeto tem a Universidade de São Paulo (Usp) e a Universidade Federal do Sergipe (UFS) onde os professores doutores Elvis Fusco e Fábio Dacêncio Pereira desenvolvem seus pós-doutorados.

     Alunos bolsistas Valdir, Fernanda, Monique, Thiago e Jordan.

A trajetória do aluno e o projeto

No terceiro ano do Ensino Médio em 2013, Thiago participou da 1ª Olimpíada de Programação para Alunos do Ensino Médio oferecida pelo Univem, no qual foi um dos vencedores da competição. Consequentemente, devido a esta conquista, despertou interesse por programação e começou a cursar Ciência da Computação no Univem.

No primeiro ano participou de um programa de estágio de 3 meses oferecido pela instituição em parceria com a Boa Vista Serviços destinado aos finalistas da Olimpíada do Ensino Médio.

Posteriormente, estagiou como tutor presencial do Núcleo de Educação à Distância do Univem e foi bolsista de iniciação científica financiada pelo CNPq, durante 3 anos e agora iniciará sua pesquisa fomentada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Seu projeto intitulado “Arquitetura de Apoio a Processos de Inovação Baseada em Estruturas Informacionais Semânticas” possui o objetivo de estabelecer um mecanismo computacional de extração de dados de fontes informacionais produzidos pelos atores de inovação (governo, estado e universidades) em um espaço informacional delimitado a Parques Tecnológicos e Centros de Inovação Tecnológica credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação (SPAI), no qual estes mecanismos serão capazes de se adaptar a mudanças de contexto e consequentemente proporcionar uma extração semântica de informação que será a base da plataforma de apoio aos ambientes de inovação consolidados.

Outros alunos bolsistas FAPESP da Computação do UNIVEM

Atualmente os alunos Valdir Amâncio Pereira Jr. e Fernanda  Mayumi Onuma Tachibana também são bolsista Fapesp. Estes alunos já participaram e publicaram em eventos internacionais em países como EUA e Argentina e também tiveram seus trabalhos de pesquisa publicados nos melhores eventos nacionais na área de computação.

Fernanda, destaca que seu projeto de pesquisa intitulado como “Análise de Metodologias de Implementação e Desempenho em FPGA dos Algoritmos Criptográficos Leves Simon, Speck e Simeck”, trata-se de uma análise sobre mecanismos tecnológicos da área de segurança da informação, que garantem a proteção de informações contidas em dispositivos que possuem recursos limitados como smartphones e dispositivos que compõe a Internet das Coisas.

O projeto iniciou-se no primeiro semestre do ano de 2016, desenvolvendo uma forma de assegurar a proteção de dispositivos limitados, onde estes muitas vezes armazenam e transmitem informações pessoais.

No decorrer da pesquisa, foram implementados três algoritmos criptográficos, chamado cifra de bloco leve, estes específicos para os cenários onde os recursos são limitados em relação ao processamento e a bateria. Isto feito, foram analisadas e propostas novas arquiteturas que podem aumentar o desempenho destes algoritmos quando implementadas em dispositivos limitados. Esta área da segurança da informação está em constante desenvolvimento pela necessidade de proteção deste tipo de dispositivo que gradualmente está ganhando visibilidade.

Valdir comenta que seu projeto de pesquisa intitulado “Desenvolvimento de soluções para a melhoria da consciência situacional em ambientes de gerenciamento de emergências”, apresenta um conjunto de métodos e ferramentas que juntas compõem uma solução para melhorar sistemas de monitoramento e mapeamento de emergências, tais como os adotados pelas forças de segurança (ex: polícia, bombeiros, etc).

O projeto demonstra como melhorar a inteligência destes sistemas, de forma que tarefas de localização de pessoas e objetos de interesse e a logística dos recursos para busca e apreensão sejam realizadas com maior eficácia e eficiência, como, por exemplo, para obter melhores dados sobre um determinado crime e proporcionar um melhor atendimento à ocorrência.

Os professores orientadores Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, Prof. Dr. Elvis Fusco e Prof. Dr. Leonardo Castro Botega destacam que esses alunos serão futuros candidatos a ingressar nos melhores programas de mestrado do país, como já é tradição dos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação do Univem.

Além dos bolsistas Fapesp os cursos contam com bolsistas CNPq que atuam no laboratório de pesquisa do COMPSI. O CNPq do Governo Federal concede bolsas para a formação de recursos humanos no campo da pesquisa científica e tecnológica, em universidades, institutos de pesquisa, centros tecnológicos e de formação profissional, tanto no Brasil como no exterior. Neste contexto, destacam-se os bolsistas Jordan Ferreira Saran e Monique Elen Fernandes Altero.

O Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos na área de TI do Univem, destaca que estes alunos competem com os melhores alunos de universidade públicas de renome em eventos e prêmios. Elvis comenta que o aluno Thiago Aparecido Gonçalves da Costa, que acaba de conquistar uma bolsa Fapesp também conquistou uma bolsa do Santander Universidade e passará um período de intercâmbio na Europa para aprimorar sua pesquisa, conhecimento e experiência.

O Prof. Dr. Leonardo Botega aproveita para convidar toda comunidade para o FLISOL 2017 – Festival Latinoamericano de Instalação de Software Livre, maior evento de divulgação de Software Livre da América Latina. O evento acontece desde 2005 em diversas sedes nacionais e internacionais, e seu principal objetivo é promover o uso de software livre, apresentando seu ideal, seu alcance, avanços e desenvolvimento ao público em geral.

FLISOL 2017, 08 de abril no Univem. Inscrições em breve pelo site: www.compsi.univem.edu.br