Arquivos da Categoria: eventos

Chamada de submissão de trabalhos para o V Workshop de Comunicação em Sistemas Embarcados Críticos (WoCCES) – SBRC 2017

cfp-wocces-2017-portugues-1
Este workshop se concentra em importantes inovações e avanços recentes na especificação, projeto, construção e utilização da comunicação em sistemas embarcados críticos, sendo que o objetivo do mesmo é o de reunir pesquisadores e profissionais da indústria e da academia e proporcionar-lhes uma oportunidade para se informar sobre os últimos desenvolvimentos, implantações, tendências tecnológicas e resultados de pesquisa, bem como iniciativas relacionadas com sistemas embarcados e suas aplicações em uma variedade de ambientes industriais.

TÓPICOS DE INTERESSE

Para a quarta edição do WoCCES, autores são convidados a submeter trabalhos originais. Autores que possuam trabalhos com resultados preliminares ou trabalhos em andamento também são encorajados a submeter artigos. A lista não exaustiva de tópicos de interesse é:
  • Algoritmos Distribuídos;
  • Arquiteturas de Software e Hardware;
  • Integração de Clusters de Alta Disponibilidade e Grades com Sistemas Embarcados;
  • Acesso ao meio (MAC), antenas direcionais e rádios cognitivos;
  • Comunicação em Grupo;
  • Computação Móvel e Embarcada;
  • Middleware e Serviços Web;
  • Interação entre sensores e Robôs Móveis;
  • GPU;
  • FPGA;
  • Fly by Wireless;
  • Redes P2P, Móveis e Ad-Hoc;
  • Segurança Crítica (Safety) e Certificação;
  • Segurança (Security);
  • Redes de Sensores e Veiculares;
  • Unmanned systems (UAVs, UGVs).

FORMATO DE WORKSHOP

O WoCCES incluirá a apresentação dos artigos aceitos completos para publicação.

INSTRUÇÕES PARA AUTORES

Os artigos devem ser redigidos em língua portuguesa ou inglesa, de acordo com as seguintes categorias.
Artigos regulares com apresentação de contribuições originais, até 10 páginas;
Relatos com experiências práticas, descrição de ferramentas ou estudos de caso de pesquisas originais, até 10 páginas;
Todos os artigos aceitos e revisados, de acordo com as recomendações do comitê de programa do WoCCES, serão publicados no volume de Workshop nos Anais do SBRC.
O trabalho deve ser apresentado de acordo com o formato para publicação de artigos indicados pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), cujos modelos estão disponíveis em: http://www.sbc.org.br/documentos-da-sbc/summary/169-templates-para-artigos-e-capitulos-de-livros/878-modelosparapublicaodeartigos Evite imagens não vetorizadas ou muito pequenas.
As submissões eletrônicas serão feitas por meio do sistema JEMS (https://submissoes.sbc.org.br/). O formato eletrônico para o envio precisa ser PDF.
Importante: Ao menos um dos autores dos artigos selecionados precisará se registrar para participação no SBRC  2017, para apresentação no WoCCES.

DATAS IMPORTANTES

Submissão de artigos (completos): 27 de Março de 2017
Notificação dos artigos aceitos: 17 de Abril de 2017
Submissão da versão final revisada: 24 de Abril de 2017

COMITÊ DE ORGANIZAÇÃO DO WOCCES

Adriano Mauro Cansian – IBILCE – UNESP Rio Preto
Alex Sandro Roschildt Pinto – UFSC – Blumenau
Daniel Fernando Pigatto – ICMC – USP
Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco – ICMC – USP
Vandermi João da Silva – UFAM

COMITÊ DE PROGRAMA DO WOCCES

Adriano Mauro Cansian – IBILCE – UNESP São José do Rio Preto
Alex Sandro Roschildt Pinto – Universidade Federal de Santa Catarina – Blumenau
Carlos Barros Montez – Universidade Federal de Santa Catarina
Célia Leiko Ogawa Kawabata – IFSP – Instituto Federal de São Paulo – Campus São Carlos
Daniel Fernando Pigatto – ICMC-USP
Edson dos Santos Moreira – ICMC-USP
Ellen Francine Barbosa – ICMC-USP
Fábio Dacêncio Pereira – UNIVEM
Fernando Santos Osório – ICMC-USP
Gustavo Pessin – Vale
Horácio Antonio Fernandes de Oliveira – Universidade Federal do Amazonas
Ivanovitch Medeiros Dantas da Silva – IMD – Instituto Metropole Digital
Jacir Luiz Bordim – Universidade de Brasília
João Cunha – Instituto Politécnico de Coimbra
Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco – ICMC-USP
Luciana Martimiano – Universidade Estadual de Maringá
Luiz Henrique Castelo Branco – IFSP – Instituto Federal de São Paulo – Campus Araraquara
Marco Vieira – Universidade de Coimbra
Marcos Fagundes Caetano – Universidade de Brasília
Mario Antonio Ribeiro Dantas – Universidade Federal de Santa Catarina
Mário Meireles Teixeira – Universidade Federal do Maranhão
Paulo Portugal – Universidade do Porto
Raimundo Barreto – Universidade Federal do Amazonas
Vandermi João da Silva – Universidade Federal do Amazonas

CONTATO

Kalinka Regina Lucas Jaquie Castelo Branco – kalinka@icmc.usp.br
Mais informações: www.lsec.icmc.usp.br/wocces

6º Seminário Locaweb acontece no Univem

6oseminario-marilia-cartaz-3.jpg

A melhor formação superior em Computação e Tecnologia da Informação é no Univem

CITec-Marília presente no maior evento de Parques Tecnológicos do país

Acontece de 17 a 20 de outubro em Fortaleza-CE, a Conferência Anprotec, o maior evento de empreendedorismo inovador da América Latina, que teve como tema nesta edição Novos Mecanismos e Espaços de Geração de Empreendimentos Inovadores.

A 26ª Conferência Anprotec, maior evento de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas do país, propõe discutir a identidade e as funções desses mecanismos e espaços, com o intuito de identificar tendências, conhecer boas práticas, trocar experiências e apontar caminhos que levem ao fortalecimento do empreendedorismo inovador, no Brasil e no mundo.

Criada em 1987, a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) reúne cerca de 300 associados, entre incubadoras de empresas, parques tecnológicos, instituições de ensino e pesquisa, órgãos públicos e outras entidades ligadas a empreendedorismo e inovação. Líder do movimento no Brasil, atua por meio da promoção de atividades de capacitação, articulação de políticas públicas, geração e disseminação de conhecimentos.

Os mecanismos e espaços de geração de novos empreendimentos vêm evoluindo de maneira expressiva, acompanhando as demandas crescentes e diferenciadas da sociedade e dos empreendedores. Essas demandas já não podem ser mais atendidas por apenas um determinado mecanismo ou por diferentes tipos de espaço. A natureza, o segmento de atuação, a fonte da inovação e do recurso, os tipos de parceria e o estágio de desenvolvimento dos empreendimentos, entre outros fatores, irão determinar quais os melhores mecanismos de apoio e as melhores áreas de inovação para os empreendimentos.

anprotec02

Representantes do CITec-Marília

O Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília) foi representado no evento pelos professores: Dr. Elvis Fusco (Coordenador do CITec-Marília) e Dr. Fábio Dacêncio Pereira (Gestor do CITec-Marília) que apresentaram os trabalhos “Ambiente Sustentável de Inovação: Estudo de Caso do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITec-Marília)” e “Plataforma de Inteligência de Negócios Baseada em Estruturas Informacionais Semânticas: Modelo Computacional e Informacional de Apoio aos Ambientes de Inovação”.

O CITec-Marília também esteve presente no stand da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo de São Paulo junto com os Parques Tecnológicos do Estado por meio de um vídeo institucional que mostra a estrutura e o serviços oferecidos para as empresas de Marília e região pelo CITec-Marília e o Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM).

anprotec03

Prof. Dr. Elvis Fusco (Coordenador do CITec-Marília), Andréa Correa Franco (Responsável pelos Centros de Inovação Tecnológica do Estado de SP), Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira (Gestor do CITec-Marília), Margareth Lopes Leal (Responsável pelos Parques Tecnológicos do Estado de SP) e Elizabeth Correa (Subsecretária do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação)

O Univem, entidade gestora do CITec-Marília e do CIEM, sendo associado da Anprotec, teve os representantes do CITec-Marília participando da Assembleia Geral que discutiu políticas de incentivo aos ambientes de empreendimentos inovadores para o ano de 2017.

Meetup Share de Marília

logo_meetups

Faltam apenas duas semanas para o primeiro Meetup Share de Marília, evento que promoverá networking e troca de experiências!

Será dia 13 de outubro às 18h30, no Auditório Shunji Nishimura – Univem.

O Willians Marques, CEO da Tray, falará a respeito da cultura de ser um empreendedor, além de um empreendedor da região trazido pelo SEBRAE para trocar algumas experiências com vocês.

Inscrevam-se em: http://meetupshare.herokuapp.com.

 

Abertura da IX Semana de Tecnologia da Informação atrai mais de 500 participantes no Univem

abertura.jpg

Começou nesta segunda (12/09) a IX Semana de Tecnologia da Informação, evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem em parceria com o COMPSI (Computing and Information Systems Research Lab), a ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e o CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília).

O evento foi aberto com a certificação das novas empresas incubadas e pós-incubadas no Centro Incubador de Empresas de Marília (CIEM), ambiente de empreendedorismo mantido pelo Univem e que, credenciado recentemente ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação (SPAI) do Governo de SP, passou a oferecer também os serviços de pré-incubação e pós-incubação em parceria com o CITec-Marília, que também é credenciado ao SPAI.

Mais de 500 participantes entre alunos, profissionais, empreendedores participaram da primeira noite do evento que foi marcada pela realização do “Seminário de Inovação” que contou com a palestra do coordenador do CITec-Marília e do CIEM, Prof. Dr. Elvis Fusco, que também é o coordenador do evento e dos cursos deCiência da Computação e Sistemas de Informação que falou sobre todo o histórico do movimento de TI que a cidade tem visto nos últimos anos.

seminario.jpg

O Prof. Elvis, que também é presidente da ASSERTI, relatou o início do movimento em 2008 com a realização da primeira edição da Semana de TI, a criação da ASSERTI, do COMPSI e do credenciamento dos ambientes de inovação (CITec-Marília e CIEM).

O Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira, gestor do CITec-Marília/CIEM, palestrou esses ambientes de inovação que o Univem mantém e destacou os serviços de apoio ao empreendedorismo e inovação que estão sendo agora oferecidos aos alunos da instituição e a toda  comunidade da região.

Para encerrar o seminário a Profa. Dra. Ellen Francine Barbosa da USP de São Carlos, palestrou sobre o “Empreendedorismo e Inovação”, mostrando as características do empreendedor e os requisitos para definição de bons projetos inovadores e fontes de fomento que financiam estes projetos.

Como nas outras edições, neste ano o evento apresenta o Recruting Semanati 2016, espaço destinado a empresas de TI e RH que têm a possibilidade de exporem seus produtos e serviços e realizarem o recrutamento de alunos e profissionais.

recruiting

A noite foi encerrada com a palestra “Design Thinking na Gestão de Projetos” com Erich Queiroz da Silva da empresa Lecom.

designthinking

A IX Semana de Tecnologia da Informação continua até o dia 17 de setembro apresentando palestras, oficinas e minicursos.

A programação completa do evento pode ser obtida por meio do site http://www.univem.edu.br/semanati2016.

Alunos do Univem participam de evento de Games em SP

No último fim de semana aconteceu em São Paulo, o Brasil Game Show, o maior evento de apresentação e discussão sobre jogos do país. Aproveitando essa oportunidade, alunos dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem se organizaram para representar a instituição no evento.

img-20160904-wa0017

O Brasil Game Show contou com campeonatos de jogos, os chamados eSports, apresentação de produtos das maiores empresas de jogos, como Sony, Microsoft, EA, Ubisoft e outras, “meet and greet” de diversos youtubers e podcasters famosos, como o Jovem Nerd, BRKsEDU, Leon  e outros, e apresentação e discussão de jogos independentes (os chamados jogos indies).

Para os alunos do Univem as sessões sobre os jogos independentes foram os mais importantes no contexto do mercado de trabalho para profissionais na área de games. A visita foi organizada pelo professor Allan Oliveira, líder do grupo de estudos Univem Game DEV. A visita ao evento foi uma ótima contribuição para os alunos participantes do grupo entenderem o mercado indie e assistirem palestras das maiores empresas do Brasil sobre o assunto, além de conhecer as novidades e tendências do mercado.

O mercado de desenvolvimento de jogos no Brasil está, atualmente, impulsionado pela alta do dólar. As empresas brasileiras participantes da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e da Abragames (associação do setor) tiveram US$ 11 milhões de receita em exportações de jogos de empresas brasileiras em 2015, cifra que subiu para US$ 9,3 milhões somente nos quatro primeiros meses de 2016. Isso contabilizando somente exportações, ou seja, não contabilizando a receita obtida no mercado interno.

O grupo de estudos Univem Game DEV é aberto à comunidade e tem o objetivo de criar oportunidades para os entusiastas da região de Marilia interessados na carreira e mercado de desenvolvimento de jogos. Inicialmente os alunos são instruídos sobre a melhor maneira de aprendizado e as possíveis áreas de carreira, e em sequência são acompanhados em seu desenvolvimento pessoal.

img-20160904-wa0008

O intuito é preparar os alunos para a carreira na área de jogos digitais que tem no Brasil um dos maiores consumidores de jogos eletrônicos do mundo e a previsão é de que o mercado nacional de games movimente R$ 4 bilhões em 2016 (dados da consultoria PricewaterhouseCoopers).

O grupo também ajudará a organizar eventos da área, como por exemplo o Game Jams, promoverá reuniões quinzenais/mensais e obterá instrutores que possam ensinar os alunos por meio de cursos sobre o assunto.

Para conhecer mais sobre o grupo de estudo de Games do Univem, acesse:https://compsi.univem.edu.br/univem-game-dev.

Acompanhe a galeria de fotos do evento: https://goo.gl/photos/hRgR2VEnX7SiAawL8.

Chamada para a Maratona Interna de Programação Univem – Inscrições: 17/08

Inscrições para Maratona Interna de Programação – Até 17/08/2016

A Maratona de Programação Interna do UNIVEM é uma competição de programação que segue os moldes de Maratona de Programação da SBC.
Nesta competição, times formados por três alunos tentam resolver o maior número possível de problemas que são entregues no início da competição. Estes alunos têm como recursos para a resolução dos problemas somente um computador (com sistema Linux) e material impresso.
A cada submissão incorreta de um problema (ou seja, que deu resposta incorreta a uma das instâncias dos juízes) é atribuída uma penalidade de tempo. O time que conseguir resolver o maior número de problemas (no menor tempo acumulado com as penalidades, caso haja empate no número de problemas resolvidos) é declarado o vencedor.
A Maratona de Programação do UNIVEM ocorrerá no dia 20/08 a partir das 8 horas da manhã conforme a seguinte agenda:

08:00 às 08:30 – Café da manhã;
08:30 às 09:20 – Aquecimento;
09:30 às 12:30 – Competição.

Somente participarão da competição os times que participarem do aquecimento!

Os três times melhores colocados terão suas inscrições pagas pelo COMPSI para participar da Maratona Regional da SBC que ocorrerá no dia 10 de Setembro de 2016.
Para participar da Maratona Interna de Programação os times podem se inscrever pelo formulário até o dia 17/08.

Chamada de propostas de minicursos para a IX Semana de Tecnologia da Informação

Estão abertas inscrições de propostas de minicursos para a IX Semana de Tecnologia da Informação que acontece no período de 12 a 17 de setembro,  evento promovido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem com o apoio da ASSERTI(Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação) e do CITec-Marília (Centro de Inovação Tecnológica de Marília)

O minicursos podem ser ministrados por alunos, ex-alunos ou profissionais de TI e deverão ser de 3 horas e contemplar temas ligados a tecnologia e empreendedorismo em TI.

As propostas de minicursos devem ser enviadas até 12 de agosto para o e-mail  semanati@univem.edu.br com as seguintes informações:

  • Nome do ministrante;
  • Nome da empresa;
  • Tema do minicurso;
  • Breve descrição do minicurso;
  • Softwares e equipamentos necessários;
  • Horário:
    [ ] Período Noturno – segunda/sexta (12 à 16 de setembro)
    [ ] Período Manhã – sábado (17 de setembro)

Os profissionais que ministrarem minicursos durante o evento terão isenção da taxa de inscrição no evento e receberão certificado de comprovação da ministração do minicurso.

O resultado das propostas devem sair até o dia 15 de agosto.

4ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

O Univem (Centro Universitário Eurípides de Marília) está com inscrições abertas para a 4ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio. Promovido pelo quarto ano consecutivo pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, em conjunto com as empresas associadas à ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), o evento tem o propósito de inspirar alunos de ensino médio e técnico da rede pública e privada e descobrir talentos que tenham interesse em seguir a carreira na área de TI (Tecnologia da Informação).

O evento tem como principal objetivo apresentar o universo da programação de computadores e identificar talentos para a área, tendo em vista o déficit de profissionais que, segundo a Brascomm – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, até 2020, o setor de tecnologia vai abrir 750 mil novos postos em todo o país.

Segundo o coordenador dos cursos de Ciência da Computação eSistemas de Informação do Univem e presidente da ASSERTI, Prof. Dr. Elvis Fusco, de acordo com a empresa de consultoria e pesquisa de mercado International Data Corporation (IDC), o mercado de TI deve crescer 2,6% em 2016, se consolidando entre os dez setores com mais investimentos até o fim do ano. ”O mercado de TI é uma das áreas que tem passado com folga pela crise vivida no país, muitas empresas continuam contratando e essa é uma grande oportunidade para os jovens do país, dados da Brasscom, o mercado nacional emprega 1,3 milhão de trabalhadores. Para 2016, a projeção de crescimento é de 30% a mais do que esse número”, explica o coordenador do evento.

Para participar da competição, o Univem oferecerá de 18 a 29 de julho um curso de férias de programação de computadores para capacitar os participantes que ainda não conhecem programação. No período de 1 a 12 de agosto, os alunos participarão de um treinamento para a competição, em que serão capacitados para participar da Olimpíada. A competição acontece no dia 13 de agosto.

Para Rodrigo Gonçalves Rodrigues, atualmente aluno do 1º ano de Sistemas de Informação no Univem e vencedor da Olimpíada em 2015, a motivação para participar da olimpíada foi além dos treinamentos oferecidos que o Univem ofereceu. “A competição confirmou ainda mais minha vocação para a área de Tecnologia da Informação. A Olimpíada busca despertar, nos alunos de ensino médio, até os que nunca tiveram contato com a programação, o desejo por aprender a programar, por buscar essa área que cresce cada dia mais e mais no mundo, uma oportunidade que pode ser única e gratificante”.

IMG_5813

Alunos do Ensino Médio competindo na Olimpíada de 2015

Como na edição da Olimpíada de 2015, após a competição, será oferecido aos melhores colocados um treinamento de Formação em Desenvolvimento para Dispositivos Móveis Android. Segundo Elvis Fusco, os primeiros colocados ganharão um smartphone Android para poderem participar do curso. “Além de revelar grandes talentos para atuar futuramente na área, após o curso de formação em Android, a iniciativa vai também encaminhá-los para estágio em empresas associadas à ASSERTI para continuar a se desenvolver dentro do setor”.

As inscrições para a Olimpíada são gratuitas e vão até o dia 15 de julho pelo site www.univem.edu.br/olimpiada2016, as vagas são limitadas.

cartaz2016.jpg

Fonte: Jornal da Univem