Cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação levam expertise para Escola Waldemar Moniz

De um lado o conhecimento, a expertise oferecidos pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, coordenados pelo Prof. Dr. Elvis Fusco. De outro, uma escola com um rico material tecnológico doado pelo Estado, alunos ávidos por aprender e a falta de capacitação. Juntos e embuídos em transformar as plataformas eletrônicas em material didático, nasceu a parceria entre a instituição e a Escola Estadual Waldemar Moniz.

As aulas de robótica, com o uso do arduíno – plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, acontecem duas vezes por semana e são monitoradas pelos alunos Valdeir da Silva Neto e Marcelo de Souza da Silva dos Santos do curso de Sistemas de Informação e orientadas pelo professor do curso de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, Fábio Navarro.

Segundo ele o objetivo é fazer com que com a utilização dos kits, os alunos pensem em programas que interajam e contribuam com o meio. “É o que chamamos de Internet das Coisas. Aqui há um material humano e tecnológico muito importante. Só faltava a capacitação para a utilização do arduíno. Com essa parceria o Univem promove a extensão. Leva seu conhecimento à comunidade”, comentou.

A partir da utilização dos recursos tecnológicos na construção de novas propostas pedagógicas, a escola Waldemar Moniz tem buscado a inclusão digital no ensino. Dentro desse propósito, nasceu o “Projeto Mãos de Aço” que cria meios para os estudantes se apropriarem criticamente das inovações tecnológicas, fundamentais para a participação no mundo do trabalho, a formação acadêmica e cidadania. O projeto é interdisciplinar e promove a integração dos alunos.

Segundo a professora de Física da escola, Nathália Veronezzi  a parceria com o Univem foi fundamental para a realização do projeto. Ainda, de acordo com ela, o contato dos alunos com a universidade é fundamental para ampliar os horizontes dos jovens, que a partir dos laboratórios de informática monitorados pelos alunos e professor da universidade, têm percebido a tecnologia como oportunidade no mercado profissional.

Para o aluno do 3º ano do Ensino Médio, Gabriel Dias Praça, as aulas monitoradas e a parceria com o Univem possibilitou aos alunos um contato ímpar com o meio universitário. “A gente teve e continua tendo um contato que antes não tínhamos com a universidade. Passamos e conhecer as possibilidades oferecidas e o que o mercado tem exigido. Já penso em criar um programa que auxilie os alunos no processo de aprendizagem”, afirmou.

O Prof. Elvis Fusco destaca o fato que esse conhecimento que os estudantes do Univem estão compartilhando com os alunos da escola de Ensino Médio são adquiridos em sala de aula e em projetos de pesquisa. “Nessa parceria nossos alunos exercem o papel de multiplicadores do conhecimento fazendo um papel social muito importante ao ajudar a Escola Waldemar Moniz utilizar esses aparatos tecnológicos que foram adquiridos com recursos públicos e inspirar os jovens do ensino médio a ingressar no mercado de Tecnologia da Informação”, concluiu o coordenador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: