Publicações de Alunos da Computação são destaque em evento nacional

Alunos do curso de Bacharelado em Ciência da Computação do Univem conquistaram mais publicações em evento de renome nacional na área de Redes de Computadores. O aluno Claudio Roberto Costa apresentou os resultados de pesquisas na área de segurança da informação com ênfase em criptografia, na 34ª edição do Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (SBRC) que é um evento anual promovido pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) e pelo Laboratório de Redes de Computadores (LARC).

XXXIV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos
XXXIV Simpósio Brasileiro de Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos

Ao longo de mais de três décadas de realização, o SBRC firmou-se como o mais importante evento científico nacional em redes de computadores e sistemas distribuídos, e um dos mais concorridos em informática. A importância do SBRC pode ser observada pelo número de submissões de trabalhos e de participantes nas suas diversas edições.

Está edição do Simpósio foi realizada de 30 de maio a 3 de junho em Salvador, Bahia. A coordenação do evento foi de responsabilidade conjunta do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e do Instituto Federal da Bahia (IFBA).

O artigo foi apresentado no IV Workshop of Communication in Critical Embedded Systems (WoCCES) realizado no evento, que concentra em importantes inovações e avanços recentes na especificação, projeto, construção e utilização da comunicação em sistemas embarcados críticos, sendo que o objetivo do mesmo é o de reunir pesquisadores e profissionais da indústria e da academia e proporcionar-lhes uma oportunidade para se informar sobre os últimos desenvolvimentos, implantações, tendências tecnológicas e resultados de pesquisa, bem como iniciativas relacionadas com sistemas embarcados e suas aplicações em uma variedade de ambientes industriais.

O aluno Claudio explica que a pesquisa apresentada no evento intitulada como “Análise de Desempenho em FPGA dos Algoritmos Criptográficos Simon e Speck” teve como objetivo a pesquisa, implementação e comparação dos algoritmos criptográficos Simon e Speck em relação à área e ao tempo de execução, quando projetados em circuitos FPGA.

Foram propostas três arquiteturas para a implementação destes algoritmos, sendo duas baseadas em circuitos síncronos e uma em assíncrono. Ao final é gerada uma relação vazão/área para avaliar o melhor custo benefício entre as arquiteturas e o seu posicionamento em relação a implementações encontradas na literatura.

A pesquisa foi desenvolvida no laboratório COMPSI (Computing and Information Systems Research Lab), laboratório de pesquisa mantido pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do Univem, pelos alunos de Ciência da Computação, Claudio Roberto Costa e Fernanda Mayumi Ohnuma Tachibana sob orientação do Prof. Dr. Fábio Dacêncio Pereira (UNIVEM) e do Prof. Dr. Edward David Moreno (Universidade Federal de Sergipe UFS)

Claudio faz iniciação científica desde o 1º ano e diz que a instituição proporciona condições e incentivos a pesquisas avançadas em laboratórios com excelentes estruturas, proporcionando um ambiente favorável para obtenção de excelentes resultados. O aluno ressalta que “com esta publicação e um convite para submissão deste artigo para a publicação no renomado Journal Internacional SPRINGER, tenho a intensão de ingressar em um bom programa de mestrado”.

Fernanda é bolsista CNPq e se dedica integralmente à formação acadêmica e à pesquisa. Ela ressalta que manter um histórico acadêmico de excelência e participar de atividades extracurriculares oferecidas pelo curso de Bacharelado em Ciência da Computação preparam o aluno para as melhores oportunidades no mercado e também para o acesso aos melhores programas de mestrado do país (USP, UNICAMP, UNESP e Federais).

No mesmo evento foi publicado o artigo “CO-OP: Uma Solução para a Detecção, Classificação e Minimização de Congestionamentos de Veículos utilizando Roteamento Cooperativo” do ex-aluno de Ciência da Computação, Allan Mariano de Souza que atualmente é mestrando na Unicamp e do professor Dr. Leonardo Castro Botega.

Mais informações sobre as pesquisas e publicações dos cursos deCiência da Computação e Sistemas de Informação do Univem podem ser obtidas no site http://www.compsi.univem.edu.br.

Anúncios

Edição de junho/2016 do Jornal do Univem

O Jornal do Univem, edição de junho de 2016, está disponível no site do Univem, confira as matérias sobre os cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação:

Caso você queira receber a versão impressa do Jornal do Univem envie um e-mail para: marketing@univem.edu.br.

4ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio

O Univem (Centro Universitário Eurípides de Marília) está com inscrições abertas para a 4ª Olimpíada de Informática para Alunos do Ensino Médio. Promovido pelo quarto ano consecutivo pelos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, em conjunto com as empresas associadas à ASSERTI (Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação), o evento tem o propósito de inspirar alunos de ensino médio e técnico da rede pública e privada e descobrir talentos que tenham interesse em seguir a carreira na área de TI (Tecnologia da Informação).

O evento tem como principal objetivo apresentar o universo da programação de computadores e identificar talentos para a área, tendo em vista o déficit de profissionais que, segundo a Brascomm – Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, até 2020, o setor de tecnologia vai abrir 750 mil novos postos em todo o país.

Segundo o coordenador dos cursos de Ciência da Computação eSistemas de Informação do Univem e presidente da ASSERTI, Prof. Dr. Elvis Fusco, de acordo com a empresa de consultoria e pesquisa de mercado International Data Corporation (IDC), o mercado de TI deve crescer 2,6% em 2016, se consolidando entre os dez setores com mais investimentos até o fim do ano. ”O mercado de TI é uma das áreas que tem passado com folga pela crise vivida no país, muitas empresas continuam contratando e essa é uma grande oportunidade para os jovens do país, dados da Brasscom, o mercado nacional emprega 1,3 milhão de trabalhadores. Para 2016, a projeção de crescimento é de 30% a mais do que esse número”, explica o coordenador do evento.

Para participar da competição, o Univem oferecerá de 18 a 29 de julho um curso de férias de programação de computadores para capacitar os participantes que ainda não conhecem programação. No período de 1 a 12 de agosto, os alunos participarão de um treinamento para a competição, em que serão capacitados para participar da Olimpíada. A competição acontece no dia 13 de agosto.

Para Rodrigo Gonçalves Rodrigues, atualmente aluno do 1º ano deSistemas de Informação no Univem e vencedor da Olimpíada em 2015, a motivação para participar da olimpíada foi além dos treinamentos oferecidos que o Univem ofereceu. “A competição confirmou ainda mais minha vocação para a área de Tecnologia da Informação. A Olimpíada busca despertar, nos alunos de ensino médio, até os que nunca tiveram contato com a programação, o desejo por aprender a programar, por buscar essa área que cresce cada dia mais e mais no mundo, uma oportunidade que pode ser única e gratificante”.

IMG_5813

Alunos do Ensino Médio competindo na Olimpíada de 2015

Como na edição da Olimpíada de 2015, após a competição, será oferecido aos melhores colocados um treinamento de Formação em Desenvolvimento para Dispositivos Móveis Android. Segundo Elvis Fusco, os primeiros colocados ganharão um smartphone Android para poderem participar do curso. “Além de revelar grandes talentos para atuar futuramente na área, após o curso de formação em Android, a iniciativa vai também encaminhá-los para estágio em empresas associadas à ASSERTI para continuar a se desenvolver dentro do setor”.

As inscrições para a Olimpíada são gratuitas e vão até o dia 15 de julho pelo site www.univem.edu.br/olimpiada2016, as vagas são limitadas.

cartaz2016.jpg