Arquivos Mensais: fevereiro 2016

Portal Inova Marília é lançado pela Prefeitura e parceiros

inova.png

O site apoia o empreendedorismo e a inovação

Foi lançado neste dia 24 de fevereiro no auditório da Prefeitura de Marília, o portal Web “Inova Marília”. O evento contou com a presença de diversas autoridades representando o poder público municipal, a câmara municipal, as universidades, as entidades de classe e empresários.

Segundo o Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador do Univem e presidente da Associação de Empresas de Serviços de Tecnologia da Informação (ASSERTI), o Inova Marília é uma iniciativa de entidades representativas da região com o objetivo de fomentar e apoiar programas de inovação, empreendedorismo e desenvolvimento tecnológico em empresas que estejam em estágio inicial ou em processo, por meio da articulação de instituições de ensino, do setor público e privado.

inova3.JPG

Congrega informações e serviços que são oferecidos na cidade de Marília por entidades, poder público e universidades para aqueles que pretendem empreender ou para os empreendedores que desejam iniciar projetos de P&D&I para o fortalecimento do desenvolvimento de suas organizações com base na pesquisa, no desenvolvimento tecnológico e na inovação.

O portal sintetiza as ações que a cidade de Marília tem realizado para diferenciar suas empresas que fazem parte do Sistema Local de Inovação que é composto por entidades que representam instituições de ensino e pesquisa, centros e grupos de pesquisa, incubadora de empresas de base tecnológica, centro de inovação tecnológica, órgãos de classe, órgãos públicos e empresas produtivas locais de iniciativa pública e privada.

Com base neste ambiente de inovação, a cidade teve recentemente o credenciamento do Centro de Inovação de Marília (CITec-Marília) e do Centro Incubador de Empresas (CIEM) no Sistema Paulista de Ambientes de Inovação (SPAI), programa do Governo do Estado de São Paulo que engloba a Rede Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec), a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica (RPCITec), a Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica (RPITec), e tem como objetivo apoiar cidades que tenham sistemas locais de inovação e áreas de vocações estabelecidas.

O CITec-Marília e o CIEM, agora integrados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação do Governo de São Paulo, posicionam-se de maneira estratégica no Sistema Local de Inovação de Marília e região. Esses credenciamentos e a Lei de Incentivo Fiscal aprovada recentemente que reduziu o ISS para 2% para as empresas de TI fortalecem a estratégia da Prefeitura Municipal com vistas à atração de novos investidores e empreendedores proporcionando novos empregos e geração de renda, incentivando a formação e capacitação profissional, a divulgação, o fomento e a disponibilização de serviços tecnológicos e de incremento da inovação nas empresas, por meio, de instituições e centros de pesquisa e desenvolvimento tecnológico e de inovação.

Neste contexto, o portal Inova Marília torna-se um repositório das informações e ações de empreendedorismo e inovação geradas por esse Sistema Local de Inovação que envolve o CITec-Marília, o CIEM, as universidades, as entidades de apoio e as empresas.

Além de conhecer tudo o que a cidade oferece, empreendedores podem encaminhar demandas, pedidos de projeto a serem atendidos pela rede de suporte ao empreendedorismo e à inovação.

Um dos setores mais atuantes no Sistema Local de Inovação é o de Tecnologia da Informação. O setor de TI traz para a cidade recursos, profissionais de alta qualificação, produtos e serviços com alto valor agregado, empresas e prestadores de serviços que, na avaliação do prefeito Vinícius Camarinha, revelam uma vocação econômica tão forte quanto às indústrias de alimentação e metalurgia, tradicionalmente símbolos da cidade.

“Se você considerar que as empresas de TI pagam melhor, hoje elas já provocam uma geração de renda, de salários, muito semelhante à produzida pelas indústrias”, disse o prefeito no lançamento do portal.

inova4.JPG

Vinícius disse que toda a estrutura, serviços e benefícios desse ambiente de empreendedorismo e inovação ainda são temas complexos, que a maioria da população não compreende, mas que em médio e longo prazo terão efeitos “extraordinários” para o desenvolvimento econômico da região.

O reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos Macedo Soares, acompanhou a apresentação do site e elogiou a união de empresas, poder público e responsáveis pelo projeto. “Em um momento de crise, de forma simbólica, esse portal é um farol para as empresas que estão começando, que ainda estão em projeto e que podem se beneficiar da tecnologia e da inovação. Digo aos empreendedores: abram suas mentes, o futuro bate à porta e a chave é este portal.”

O diretor do Senai, Ronaldo Sotrate, também elogiou os investimentos e colocou a instituição à disposição das empresas e do sistema de inovação na cidade.

Elvis Fusco afirmou que um desafio será disseminar tanto a cultura do empreendedorismo e da inovação tecnológica entre as empresas como divulgar as informações e os serviços oferecidos no portal. As iniciativas para divulgação devem envolver divulgação de selos, mensagens e informações de acesso em documentos de todos os parceiros do projeto e dos futuros atendidos, além de eventuais campanhas publicitárias.

O Portal Inova Marília é mantido pelo CITec-Marília e pode ser acessado em: www.inovamarilia.org.br.

Anúncios

Cursos de inglês online grátis

Dicas de cursos de inglês online grátis, para que você possa se aperfeiçoar no idioma e aumentar o vocabulário.. Para atendê-los, pesquisei diversos sites e montei, no final, uma seleção com apenas8 cursos.

Os cursos têm pontos em comuns, claro, mas também apresentam conteúdos diferentes e complementares. Se você estudar todos eles, não só vai economizar seu dinheiro, mas também irá aumentar seu conhecimento de gramática, vocabulário inglês e compreensão auditiva.

Cursos de Inglês Online Grátis (textos em inglês)

01 – English Online – é um curso bem estruturado. Traz conteúdo amplo para estudantes de nível básico, intermediário e avançado. Apresenta vídeos.

02 – Learn English Online – Este site apresenta um amplo conteúdo focado exclusivamente para estudantes de nível básico. É bem organizado.

03 – Learn American English Online – o foco do site é inglês americano. Há vídeos. Na seção de “reading”, você pode gravar sua voz para comparar sua leitura com a de um nativo.

04 – 1-Language – Curso de inglês com 70 lições para atender estudantes de nível básico e intermediário.

05 – BBC – Curso de inglês bem estruturado, com material de texto e vídeo excelentes.

06 – USA Learns – Curso de inglês americano voltado para o público adulto. Ele melhora sua habilidade de escrever, ler e falar em inglês.

Cursos de Inglês Online Grátis (textos em português)

07 – Curso de Inglês Grátis – esse site apresenta gramática inglesa para estudantes de nível básico e intermediário. Também há textos exclusivos para “phrasal verbs”, compreensão oral e expressões idiomáticas.

08 – Zap English – como os demais, esse site dá um foco em gramática. Como diferencial, ele dedica um espaço para traduzir músicas inglesas e ensina expressões idiomáticas. Há também uma seção exclusiva para pronúncia de palavras.

Fonte: http://canaldoensino.com.br/blog/8-cursos-de-ingles-online-gratis-que-voce-deveria-conhecer

UNIVEM na Microsoft Imagine Cup

A Imagine Cup é uma competição global que fornece oportunidades para os estudantes se agruparem e utilizarem sua criatividade, paixão e conhecimento em tecnologia para criar aplicativos, jogos e soluções que podem mudar a forma como vivemos, trabalhamos e jogamos.

Para participar, basta que todos os membros se registrem e montem seu time em uma das categorias existentes: Games, Cidadania ou Inovação. Para instruções mais detalhadas, visite o Get Started, onde você encontra informações de como criar sua conta, registrar seu time, inscrever-se para desafios e muito mais.

A equipe vencedora do Brasil viajará para a sede da Microsoft em Seattle, Washington, para a final mundial da Imagine Cup, para competir pelo cobiçado troféu e o grande prêmio!

No UNIVEM, os alunos têm um grupo de estudo dedicado à participação na Imagine Cup! Este grupo conta com a participação de professores orientadores e estudantes do UNIVEM interessados em participar da competição.

Conheça o grupo em: https://compsi.univem.edu.br/projetos/microsoft-imagine-cup/

Para participar ativamente do grupo ou sinalizar seu interesse em participar da Imagine Cup pelo UNIVEM, entre em contato pelo e-mail: botega@univem.edu.br.

imaginecup

Chamada de Minicursos e Oficinas para o FLISOL 2016

FLISOL 2016 acontece no dia 16 de abril no UNIVEM

flisol2016

O Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISoL) é o maior evento da América Latina de divulgação de Software Livre.

Seu principal objetivo é promover o uso de Software Livre, mostrando ao público em geral sua filosofia, abrangência, avanços e desenvolvimento.

Para alcançar estes objetivos, diversas comunidades locais de Software Livre (em cada país/cidade/localidade), organizam simultaneamente palestras, apresentações e workshops, sobre temas locais, nacionais e latino-americanos sobre Software Livre, em toda a sua expressão: artística, acadêmica, empresarial e social.

O FLISOL 2016 acontece no dia 16 de Abril no UNIVEM.

Contribua com o evento ministrando um minicurso ou oficina de uma tecnologia livre (linguagens de programação, frameworks, ferramentas, etc). A oferta de atividades também é aberta a alunos e profissionais.

Ao ministrar um minicurso, o aluno UNIVEM garante horas de atividade complementar em dobro (aprox. 8 horas)

Para ministrar um minicurso ou oficina no FLISOL 2016, preencha este formulário:

http://goo.gl/forms/YTeidDwKfS

Grupo de Estudo – Maratona de Programação 01-2016

Reuniões aos sábados (09h às 12h):

05/03/2016
19/03/2016
02/04/2016
30/04/2016
14/05/2016
21/05/2016

Maratona Interna de Programação:

18/06/2016

O que é a Maratona de Programação?

A Maratona de Programação é um evento da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) que existe desde o ano de 1996. Ela nasceu das competições regionais classificatórias para as finais mundiais do concurso de programação da ACM, o ACM International Collegiate Programming Contest (ICPC), e é parte da regional sul-americana do concurso.

Durante a Maratona, times compostos por 3 alunos tentam resolver o maior número possível de problemas que são entregues no início da competição. Estes alunos têm como recursos para a resolução dos problemas somente um computador (geralmente com sistema Linux) e material impresso.

A cada submissão incorreta de um problema (ou seja, que deu resposta incorreta a uma das instâncias dos juízes) é atribuída uma penalidade de tempo. O time que conseguir resolver o maior número de problemas (no menor tempo acumulado com as penalidades, caso haja empate no número de problemas resolvidos) é declarado o vencedor.

O UNIVEM sediou nos anos de 2010, 2013, 2014 e 2015 a etapa regional da Maratona de Programação da SBC.

Maratona de Programação Interna do UNIVEM

A Maratona de Programação Interna do UNIVEM é uma competição de programação que segue os moldes de Maratona de Programação da SBC.

O objetivo da maratona interna é promover nos alunos a criatividade, a busca de novas soluções de software e a habilidade de resolver problemas sob pressão. Os alunos que participam da competição desenvolvem conceitos avançados de programação e a aplicação de conceitos abordados em outras disciplinas.

A Maratona tem sido uma espécie de vitrine para o mercado de trabalho, valorizando os alunos que se destacam.

Os times melhores colocados na maratona interna participação na fase regional da Maratona de Programação da SBC.

Faça sua inscrição:

Inscrições até 03 de março pelo formulário!

 

Do real ao virtual: Objetos e fósseis do Museu de Paleontologia são catalogados em 3D

timthumb

Os objetos e fósseis do Museu de Paleontologia de Marília estão sendo catalogados em 3D para facilitar a interação com o público e melhorar o aprendizado dos visitantes. Todo o processo tecnológico é promovido pela empresa Novitas em parceria com a empresa Guilda3D e o COMPSI(Computing and Information Systems Research Lab) – laboratório de pesquisa vinculado aos cursos de Bacharelado em Ciência da Computação e Sistemas de Informação do UNIVEM (Centro Universitário Eurípides de Marília) – e conta com o apoio da Prefeitura de Marília – por meio da Secretaria Municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

“Os catálogos 3D são uma importante ferramenta que, em breve, será disponibilizada aos visitantes do Museu de Paleontologia, que poderão ‘manusear’ fósseis e réplicas de uma forma bastante interativa, conhecer todo o acervo e saber informações sobre onde, quando e como foram descobertos, que animais do passado representam. Enfim, uma tecnologia cada vez mais empregada e acessível ao público, tornando os espaços culturais e turísticos mais atraentes (como o Museu de Paleontologia) e estimulando a busca pelo conhecimento”, destacou William Nava, coordenador do Museu de Paleontologia de Marília.

Segundo o diretor da Novitas, Fábio Rodrigues Jorge, a iniciativa busca transformar a interação entre o público e o acervo em uma grande experiência digital para os frequentadores do Museu. “Conhecer e explorar objetos e ambientes nem sempre é uma tarefa simples. Muitas vezes, o acesso físico é restrito, ou no caso de objetos virtuais, há barreiras que nos impedem de analisá-los em detalhes, como a falta de fotos de qualidade ou a sua ausência em 3D”, ressaltou Fábio Rodrigues Jorge.

“Este trabalho de digitalização vai permitir a geração de modelos 3D para visualizá-los em sistemas computacionais – navegadores, tablets, smartphones e telas sensíveis ao toque, entre outros – e melhorar o dinamismo do aprendizado”, afirmou o Professor Doutor Leonardo Botega, um dos pesquisadores do laboratório COMPSI e docente dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação do UNIVEM.

Dentre as peças digitalizadas encontram-se partes do Titanossauro e Mariliasuchus, encontrados na região de Marília.

“O Museu de Paleontologia ganha um importante aliado em seu processo de renovação para que possamos transformá-lo num efetivo e permanente produto turístico de Marília. E, agora, com o respaldo do consolidado polo de tecnologia de informação da nossa cidade”, comentou Cássio Luiz Pinto Júnior, secretário municipal de Trabalho, Desenvolvimento Econômico e Turismo.

Para conhecer o trabalho que está sendo desenvolvido para o Museu de Paleontologia de Marília, o interessado já pode acessar o endereço eletrônico: www.catalogo.novitasdi.com.br/mariliasuchus. Mais informações sobre o sobre este trabalho também podem ser consultadas no website da Novitas:www.novitasdi.com.br

Sobre o Museu de Paleontologia

O Museu de Paleontologia de Marília completou 11 anos em novembro de 2015. Por iniciativa do paleontólogo William Nava, que desde 1993 realiza escavações pela região em busca de fósseis de animais da Era dos dinossauros, foi inaugurado em 2004 pela Prefeitura de Marília – por meio da Secretaria Municipal da Cultura.

“É uma honra poder compartilhar todo esse conhecimento adquirido ao longo de tantos anos de pesquisa, estudos e escavações. Recebemos milhares de pessoas do Brasil e também de outros países, pois o Museu é um grande disseminador de conhecimento sobre o tema. Temos essa riqueza em nosso subsolo, que são os fósseis e temos que, na medida do possível, tirar o máximo proveito desses objetos que ficaram preservados, divulgando, expondo e pesquisando”, disse Nava.

O Museu de Paleontologia funciona, de segunda à sexta-feira, das 9 às 17 horas, e está localizado na Avenida Sampaio Vidal, esquina com Av. Rio Branco. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: 3413-6238.

Fonte: http://marilia.sp.gov.br