Professor do Univem apresenta pesquisa

O professor Nardi, durante evento em Taiwan

O professor Nardi, durante evento em Taiwan

O professor Paulo Nardi, do Univem, teve trabalho aceito para exposição num concorrido evento realizado em Taiwan, entre os dias 19 e 21 de agosto. Promovido por pesquisadores de universidades do mundo todo, a atividade é uma das mais conceituadas na área de sistemas embarcados. A “The 19th IEEE International Conference on Embedded and Real-Time Computing Systems and Applications (RTCSA 2013)” reuniu representantes dos Estados Unidos, Portugal, Japão, China, Alemanha, Coreia, Taiwan e outros. Nardi ressalta que os artigos expostos são indexados no mais conceituado mecanismo de indexação da área, que é a IEEE. O trabalho do docente, intitulado “Specifying Automated Oracles for Simulink Models”, está entre os 43 selecionados neste ano. Ele explica que sistemas embarcados são aqueles dedicados a um dispositivo específico, que realiza uma tarefa igualmente específica. “Estes sistemas estão presentes em cenários em que uma falha pode causar efeitos catastróficos, como mortes, desastres ambientais e grandes perdas econômicas”, diz Nardi. Como exemplo, cita os sistemas embarcados em aviões, telecomunicações e satélites espaciais. O design de sistemas embarcados normalmente tem como suporte a criação de modelos executáveis em ferramentas como o Simulink. “Esses modelos possuem um papel importante no desenvolvimento de tais sistemas, porque permitem simular e validar seus requisitos antes de serem embarcados no hardware”, prossegue. No entanto, se tais modelos não estiverem de acordo com a especificação, o processo de validação poderá estar comprometido. Nardi revela que uma característica comum a modelos como os criados no Simulink é a grande quantidade de dados gerados e a necessidade de testar as propriedades temporais. “Estas características dificultam muito o processo de comparação dos dados da simulação com aquilo que se espera do processo. Quem faz essa comparação é chamado de oráculo de teste e, normalmente, o papel é atribuído ao próprio testador”, conclui. O trabalho apresentado em Taiwan é parte da proposta do docente para o seu doutorado, que envolve a definição de um processo, métodos, procedimentos e uma ferramenta para auxiliar na geração de um oráculo de testes parcialmente automatizado. O objetivo da pesquisa é contribuir para a redução do tempo de teste de sistemas embarcados, maior precisão da comparação dos resultados e eliminação de erros humanos, de modo a conferir maior confiança no produto final. Iniciação científica A partir de 2014, o professor Nardi pretende desenvolver este tema com seus alunos dos cursosde Ciência da Computação e Sistemas de Informação, por meio de pesquisas de iniciação científica.

Fonte: Jornal da Manhã

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: