Univem certifica alunos de projeto social: Projeto “Inclusão Digital” já é reconhecido nacionalmente

O projeto de “Inclusão Digital”, mantido pelo Univem, completou sete anos em 2012 e, desde o início, atende crianças, jovens e a terceira idade. Além dos primeiros contatos com a informática, para a maioria deles, o projeto tem o objetivo de estimular o aprendizado e promover a socialização dos alunos. As aulas são semanais e acontecem nos laboratórios do Univem, com o acompanhamento de alunos monitores dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação.

Entre os trabalhos realizados, está o atendimento aos alunos da APAE-Marília (Associação de Pais e Amigos do Excepcional), sob a responsabilidade do Prof. Dr. Elvis Fusco, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Sistemas de Informação, e a orientação da Profª. Ms. Renata Aparecida de Carvalho Paschoal, com o auxílio do aluno Evandro Garcia dos Santos, de Sistemas de Informação.

“A inclusão digital abre portas para várias dimensões de nossa vida. Através de uma tela, temos uma enorme gama de informações e possibilidades”, destaca a professora Renata.

Em 2011, o projeto “Inclusão Digital” do Univem foi classificado em dois eventos importantes. Um deles foi a 4ª edição nacional do ‘Prêmio Cidadania Sem Fronteiras’, organizado pelo Instituto Cidadania Brasil, em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do Ministério da Ciência e Tecnologia. O outro foi o ‘Prêmio Ações Inclusivas para Pessoas com Deficiência’, uma iniciativa da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do governo paulista. Neste último, o projeto desenvolvido junto à Apae foi um dos quatro melhores dentre práticas inclusivas finalistas.

“Com estes projetos, o Univem exercita sua responsabilidade social e, ao mesmo tempo, estimula a prática entre seus alunos”, enaltece o professor Elvis.

Este ano, a entrega de certificados para os alunos que concluíram o curso acontecerá no dia 29 de novembro, às 9h, no Salão Nobre do Univem. A novidade deste ano foram os alunos do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Marília. Segundo a professora, eles gostaram muito do curso e estão motivados a continuar.

FONTE: Jornal Diário de Marília

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: